Quero ver irene dar sua risada

     

  Por Renato Uchôa ( Educador)

                                

 

 

  Por Ana Paula Romão (Educadora) 

 

 

Não há de ser nada...“Eu quero ir, minha gente, eu não sou daqui eu não tenho nada, quero ver Irene rir, quero ver Irene dar sua risada...”. Na forma da Lei ou quando o circo pegar fogo. E, nessa hora, uma parte da população obnubilada vai perceber. Que o cabresto ou a coleira, que enfeita a mente e o pescoço, colocados por Fernando Henrique Cardoso, o intelectual orgânico das camadas dominantes. O intelectual orgânico do Golpe é FHC. Temer é apenas um alcoviteiro, um moleque de mandado de um grupo perigoso e diversificado.

Em decadência política e moral reservou um tríplex para você. No condomínio do caos, das trevas, no bairro da bagaceira. Merenda nem pensar. Jogaram a rede de arrasto em São Paulo. Pegaram quase tudo. Eita! Pássaros esfomeados. Com a ajuda de Bolsonaro, Malafaia, Aluísio, Paulinho mão ligeira, os Ma (rinhos), os Cunhas: Lima, Eduardo, Aécio, a nata do Golpe contra o Estado Democrático, vão puxando o Bloco do ódio e preconceito para entregar o país para a verdadeira escória, com vinculação visível com os interesses estrangeiros.

Dia 29 de agosto o Brasil vai chorar, com qualquer dos resultados da decisão do senado. De alegria ou de tristeza. Irene vai ri. Da morte de Inês. Inês é morta, vá enterrar os da sua família Mané. Macri na Argentina, em uma aula prática de como destruir as conquistas democráticas de lá. É simples assim, entregar o patrimônio público descaradamente.

Reserve a cinza Santa do Supremo Tribunal Federal, que quando em vida, não mexe um dedo em favor da Democracia. Acuados, acovardados, vão tomando o chá de camomila, todas as vezes que a Polícia Federal Política se movimenta em direção a vida privada, a intimidade da família Lula. Exposta em uma campanha vergonhosa, que atenta diariamente contra o Estado de Direito. Nos piolhos de ouro das barbas da justiça. Das togas exala o fedor da covardia, que envergonha o mundo jurídico. Um bando perigoso: parte da Justiça, PF, Ministério Público, que se tornou Privado, STF, STJ, CNJ... tudo dominado.

E agora Dias Toffoli do Supremo, os golpistas estão em polvorosa, o nervosismo se acentua, as divergências vão aflorando entre eles. É o país se despedaçando, combalido, a beira do caos. A semelhança entre os maestros do Golpe, o juiz Moro e o ministro Gilmar Mendes são brutais. Na brutalidade que os caracteriza na hora de perseguir o PT.

São cristalinas, toneladas de parcialidade, presunção absoluta de parcialidade em favor do PSDB, e outros criminosos públicos e notórios. Ao invés do rito legal da presunção de inocência, que se contrapõe a humilhação na prisão arbitrária comum na conjuntura, na verdade expedida pela mídia venal, corrupta até a medula.

 É inexorável uma reação popular à altura, para se contrapor à violência do Estado de Terror se o golpe for consumado dia 29 de agosto. A população brasileira ainda atônita vai despertando aos poucos no entendimento que o país vai sendo governado por dirigentes, que ao invés do Palácio do Planalto, deveriam morar em residências coletivas iguais a Papuda.

 Mas, antes do enterro da Inês, ao som dos Gaviões da Fiel, dediquemos à escória Golpista, e vamos cantar “Eu não roubo merenda, eu não sou deputado, trabalho todo dia, não roubo meu estado”. Resistir é preciso, acorda Mané.

Foto: www.bienal.org.br

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

UMA QUESTÃO DE SENSIBILIDADE

  Por Ana Lúcia Alves          Dizem que sou sensível...pois vou contar onde aprendi a ser assim. Convivo a pelo menos 20 anos em hospitais cumprindo meu oficio de cuidar...e lá aprendi...Que paredes de hospitais, já ouviram preces mais sinceras e honestas do que em...

SOLIDARIEDADE NÃO SE PEDE

   Por Claudete Galli                Quero relatar um fato que ocorreu ontem quando eu estava na Vigília Lula Livre. Eu cheguei bem no momento em que o Stédile estava falando, como havia sido a visita ao Lula. Uma observação, então cada vez que o...

EM DIA DE JOGO DA COPA

  Por Igor Grabois            O Brasil é grande nos mais diversos sentidos do termo. Existem cinco países que estão, simultaneamente, entre os dez maiores PIB’s, territórios e populações. O Brasil é um deles. O maior país africano fora da África, só a Nigéria é...

ESTÃO NOS FAZENDO DE BOBOS, BRINCANDO DE DEMOCRACIA.

 Por Inês Duarte                   Não pode haver perdão ao ministro Edson Fachin. Ele traiu o povo brasileiro, traiu a democracia, a Constituição Federal e traiu principalmente ele próprio, quando deixou de cumprir a missão que se comprometeu...

AO SOM DA FOME

 Por Lúcia Costa                Eu tenho 49 anos. Desde criança via comícios, não perdia um, até onde dava. Aos 13 anos comecei a sentir vontade de entrar para a política ao ouvir aqueles homens. Eram só homens, falando bonito. Nos seus discursos...

O RECADO

Por Cleusa Slaviero        Para me apoiar  por causa do desânimo (preocupação), que me acometeu hoje, o George Mello disse: "menos expertise e mais luta, mais determinação." Ele quis dizer que as ações que realizamos na resistência, nesse momento, são mais importantes...

SOBRE A TENDÊNCIA HISTÓRICA E O FUTURO DO BRASIL

   Por Cristiano Camargo                    Toda Revolução Histórica tem um ponto de ruptura, da conjuntura anterior para a nova que surgiu pós- revolução, e que serviu de estopim para incendiar estas revoluções. Pois bem, estamos...

MARIELLE: BRASIL CHORA POR SUA MAIS NOVA MÁRTIR

Por Sérgio Botêlho           Há um mau cheiro no ar. E esse mau cheiro não vem do corpo inerte de Marielle. Esse mau cheiro vem dos seus assassinos. Esse mau cheiro vem de uma sociedade historicamente baseada em podres poderes. Negra, mulher, feminista, pobre...

TÁ FALADO

 Por Rosangela Lima              Madrugada alta e eu aqui, escrevendo textão. Pouca gente vai ler, mas é bom desabafar, então... Percebo nos olhares, nas críticas e alguns ataques, a incompreensão de muita gente do meu convívio com o fato de continuar na...

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...

Esta seção está em branco.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!