Quando a cidade dorme

   Por Renato Uchôa (Educador)

 

 

 

Não há como negar. O STF concluiu com perfeição o formato de uma Instituição especialista na defesa da prostituição da Constituição. Antes e depois do Golpe. Cada Título, cada artigo, cada inciso, cada parágrafo... Uma loja ao lado de produtos eróticos na vitrine para vesti-los a gosto do freguês eventual. Do sádico ao ladrão de merenda escolar.

Um deles de lá ia deixar um pescador faminto de Santa Catarina, sem bala na agulha, apodrecer por meses: o crime foi um cambo, doze camarões pescado na piracema. Lewandowski o ministro responsável pelo feito de negar o habeas corpus 112563. Absorvido pela Segunda Turma do Supremo à época por maioria de votos. Aplicaram sabiamente pela primeira vez o Princípio da Insignificância (bagatela), no que toca aos crimes ambientais.

 Ao contrário do outro, na proteção dos “Outros”, que tem nome de batismo Gilmar Mendes, responsável pelo cangaço jurídico, em conluio com Joaquim Barbosa, da cota do Lula, da cota do Botequim. Lançaram as bases, a planta do Supremo como uma casa de tolerância para a Corte Brasileira, de quando em quando, utilizar os serviços da Casa contra o PT e a esquerda brasileira. O Golpe em curso foi parido na AP470, veio rolando, crescendo as asas e depois o voo. Moro veio depois completar o serviço.

Gilmar é a excrecência jurídica sem maquiagem. Solta estuprador, assassino, banqueiro...Quem tem cordão de ouro de meio quilo no pescoço, habeas corpus. Volte sempre, a casa agradece. Da quebra da legalidade constitucional como se fosse um palito de picolé. É só sentar com eles, elaborar algumas fundamentações teóricas de uma rasteira, que eles capitulam na Lei pelo o inverso. E, é só aplicar que eles seguram o trampo golpista.

Golpear por todos lados, confundir, contanto que no fim Dilma perca o mandato e Lula seja preso por falar a verdade: o STF é um bloco de covardes que desfila ao toque de marchas fúnebres para o mundo todo ouvir. A porta-bandeira deveria sentir remorso quando escandalizou o país, gritando para o Brasil perplexo que condenou Zé Dirceu, que apodrece na República do Paraná, sem provas. Atende pelo nome de Rosa Weber, ou Rosa Murcha do beiço do Rio da República Corrupta do Paraná. O mestre-sala mais novo, o ministro Luiz Fachin, acompanha a batida do surdo. Não menos de 10 ministros frouxos escolhidos pelo PT.

Mas...Um bêbado qualquer fora da rota, um coiote de 51 nas mãos, perambulando, cambaleando nas cercanias do Templo da Vergonha é só gritar: é golpe, olha o golpe...A correria é geral, o pânico vem se instalando nos gabinetes fétidos de lá. Acuados como a bandidagem das ruas correm 3 a 4Km ao redor das mesas todos os dias, a cada foguete, a cada traque escutado na Praça dos Podres Poderes. São João vem aí, São Pedro esquentado a alegria do povo sofrido, vai ser pipoco cortando o Brasil de ponta a ponta.

A bem da verdade, barriga cheia, carreira boa, o mundo todo em lágrimas quando o STF, em uma conjuntura de mando das Gangues que planejaram o roubo do mandato de uma presidenta de conduta ilibada, para entregar o país para o capital internacional. Eles sabem dos bastidores do Golpe, eles têm vínculos profundos com a Elite mais perversa da América Latina, e são ministros golpistas de todas as cores.

Não há como negar, permitiram a relação promíscua do juiz Moro na prática das prisões ilegais, conduções coercitivas como regra, tortura psicológica no pacote, espionagem e escutas ilegais. E, juntamente com Janot, ficaram chupando os pirulitos que entortaram o queixo. O hábito faz o monge. A conivência com os foras da Lei, os covardes.

 É inexorável, diante da visão da comunidade jurídica internacional sobre os desmandos do STF, de milhões de brasileiros conscientes do teatro que fazem lá na caminhada golpista, que o povo efetivamente proponha um salário mínimo, que é o que vale cada um deles/as para trabalhar contra o Estado Democrático. Não valem nem depois que a vista alcança o gordo e papudo aumento que receberam de um ladrão. A moralidade tem um preço, a imoralidade também.

 Ao invés de aplicar os princípios constitucionais, baseiam-se na tabela de aumento para atuar com mais rigor na consolidação do Golpe travestido de juridicidade, após encontros, sabe-se lá quantos na calada da noite. O sol como testemunha, pelo menos em um, a luz do dia o STF, face a face com o marginal Cunha, parafusado na cadeira pelo Supremo para aplicar o Golpe na Câmara. Face a face, o STF pede um saco de patacas a um ladrão, um marginal de alta periculosidade, com amplas provas fornecidas pela justiça Suíça. Depois para ninar a população o afasta da Câmara. Tá tudo combinado, tá tudo dominado.

Os golpistas traidores do país vão comer o pão que o diabo amassou, quando a cidade acordar do pesadelo. O tiro pela culatra... Vaiados sistematicamente pela população, até pela vizinhança. A população brasileira vai cobrar a conta de uma vez só, não tem negócio de carnê. Recentemente em Campina Grande, terra do senador Cássio Cunha Lima inimigo do programa Mais Médicos, protegido do juiz fascista Moro, que engavetou um caso de corrupção do senador faz anos, levou a maior vaia da história da Paraíba.

Repudiado por uma multidão aos gritos de golpista em plena abertura dos festejos juninos. A Paraíba de luta deu mais um exemplo para o Brasil. De como se deve tratar os conhecidos no mundo inteiro como as gangues mais perversas, que tomaram o mandato da presidenta Dilma. E acredite, acredite mesmo, o PT precisa acordar, chega de papo republicano, chega de pé doído. A desobediência civil a todos os atos do golpista Temer, sem nenhuma legitimidade, é justificada na defesa das conquistas do povo brasileiro agora ameaçadas.

É só apertar mais, e muito mais, os golpistas podem sair correndo em direção aos aeroportos do Brasil. Milhares de bandidos, corruptos ...Quando a população cobrar a conta nas ruas e avenidas do Brasil. Vai se alastrando a revolta, a reação ao golpe em um crescendo fantástico. Tomar dos golpistas ladrões o mandato roubado da presidenta Dilma é uma tarefa das mais belas de todas as nossas vidas. Hoje, 10/06, em todo o Brasil a cidade vai acordar mais uma vez. Resistir é preciso.

Foto: www.pt.org.br

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

UMA QUESTÃO DE SENSIBILIDADE

  Por Ana Lúcia Alves          Dizem que sou sensível...pois vou contar onde aprendi a ser assim. Convivo a pelo menos 20 anos em hospitais cumprindo meu oficio de cuidar...e lá aprendi...Que paredes de hospitais, já ouviram preces mais sinceras e honestas do que em...

SOLIDARIEDADE NÃO SE PEDE

   Por Claudete Galli                Quero relatar um fato que ocorreu ontem quando eu estava na Vigília Lula Livre. Eu cheguei bem no momento em que o Stédile estava falando, como havia sido a visita ao Lula. Uma observação, então cada vez que o...

EM DIA DE JOGO DA COPA

  Por Igor Grabois            O Brasil é grande nos mais diversos sentidos do termo. Existem cinco países que estão, simultaneamente, entre os dez maiores PIB’s, territórios e populações. O Brasil é um deles. O maior país africano fora da África, só a Nigéria é...

ESTÃO NOS FAZENDO DE BOBOS, BRINCANDO DE DEMOCRACIA.

 Por Inês Duarte                   Não pode haver perdão ao ministro Edson Fachin. Ele traiu o povo brasileiro, traiu a democracia, a Constituição Federal e traiu principalmente ele próprio, quando deixou de cumprir a missão que se comprometeu...

AO SOM DA FOME

 Por Lúcia Costa                Eu tenho 49 anos. Desde criança via comícios, não perdia um, até onde dava. Aos 13 anos comecei a sentir vontade de entrar para a política ao ouvir aqueles homens. Eram só homens, falando bonito. Nos seus discursos...

O RECADO

Por Cleusa Slaviero        Para me apoiar  por causa do desânimo (preocupação), que me acometeu hoje, o George Mello disse: "menos expertise e mais luta, mais determinação." Ele quis dizer que as ações que realizamos na resistência, nesse momento, são mais importantes...

SOBRE A TENDÊNCIA HISTÓRICA E O FUTURO DO BRASIL

   Por Cristiano Camargo                    Toda Revolução Histórica tem um ponto de ruptura, da conjuntura anterior para a nova que surgiu pós- revolução, e que serviu de estopim para incendiar estas revoluções. Pois bem, estamos...

MARIELLE: BRASIL CHORA POR SUA MAIS NOVA MÁRTIR

Por Sérgio Botêlho           Há um mau cheiro no ar. E esse mau cheiro não vem do corpo inerte de Marielle. Esse mau cheiro vem dos seus assassinos. Esse mau cheiro vem de uma sociedade historicamente baseada em podres poderes. Negra, mulher, feminista, pobre...

TÁ FALADO

 Por Rosangela Lima              Madrugada alta e eu aqui, escrevendo textão. Pouca gente vai ler, mas é bom desabafar, então... Percebo nos olhares, nas críticas e alguns ataques, a incompreensão de muita gente do meu convívio com o fato de continuar na...

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...

es-Notícias

O Golpista

                                                                                    ...

Eu acredito é na luta

                                                                                   ...

O recado

                                                                                   ...

AO PREFEITO ARTUR NETO

                                                                                    ...

Olá amigos/as

                                                                                   ...

RESPOSTA À DIREITA E AO PIG

                                                                                   ...

ACREDITAMOS NO BRASIL!

                                                                                   ...

Artigos