O TROTE DA VERGONHA

   Por Renato Uchôa (Educador)

 

 

 

Impressiona a sabatina de cartas marcadas. Inova (após a consumação do golpe), mais ainda o processo deprimente na escolha de qualquer um, qualquer dois, qualquer três, qualquer onze que é tudo igual... para compor a tropa que vem em correria desenfreada faz décadas no STF. Estuprando a Constituição com o casco, com a ferradura; manuseando a Carta Magna em cada capítulo, cada artigo, cada parágrafo, o que se tornou moda por lá, com a ponta da espora. 

Qualquer um deles passa na sabatina genérica do Senado, com raríssima exceção, aguada em barcos de luxo do lago de ouro de Brasília. E muito provavelmente seriam reprovados no rigoroso Exame de Ordem da golpista OAB.

A presidenta Dilma, de fato e por direito de escolha de mais de 54,5 milhões de brasileiros/as é a vítima principal. Com o bloco de milhões de brasileiros com o pires na mão. No desfile macabro do carnaval do próximo ano. Nas portas de Igrejas, semáforos, nas ruas e avenidas do Brasil já se vislumbra a fome que vem lambendo o país inteiro. Todos nós somos as vítimas do seletivo grupo que manda e desmanda no país, trajado, com a fantasia de mendigo de rua, combalido, sem destino, à deriva, às vésperas do enterro.

O PT indicou 10(dez) dos cavaleiros e damas da Távola Quadrada, da Corte do Golpe ao longo da implantação das políticas públicas, que tiraram milhões dos currais dos coronéis no Nordeste, e outros tantos do regime de escravidão dos bandeirantes paulistas e de outras Capitanias. Que atendem pelos nomes de Estados. 

O “Estado de Direito” que exclui o critério de sapiência jurídica comprovada, para compor no STF qualquer um, esfacelando a tarde, a inteligência, o clima democrático que predominou aparentemente por década, ao menos em alguns pontos. Melhor dizendo, a cafetina que se tornou o Senado, nesse momento, o faz de conta da inquirição, para jogar no Circo do Supremo.

Não confundir com os Belos Circos, com verdadeiros palhaços banhando a alegria de nós adultos, que não perdemos a puerilidade. Quando éramos crianças. As belas gargalhadas de antes, são as nossas de hoje em repúdio ao festival de palhaçada no Senado, testemunhas históricas que somos, que o Golpe contra o Estado de Direito vai açambarcando todos as Instituições, que mesmo por esperteza, deveriam primar pela democracia, e se livrarem, mais cedo ou mais tarde, do pego para capar que vem aí. É inexorável o estouro da multidão de desvalidos produto da gestão do Tirano Temer e parceiros do golpe.

Alexandre Moraes (linha de frente do Usurpador Temer) é um candidato que não altera a submissão, a covardia, a traição ao Estado Democrático que vem caracterizando o STF nos últimos anos. O truculento, plagiador, confirmado tem uma cadeira cativa esperando por ele no Coito do Golpe. O nosso respeito aos senadores e senadoras que não concordam com a agressão ao povo brasileiro, na resistência conjunta de milhões de trabalhadores/as para derrotar o golpe. Bem-vindo ao Estado de Terror Mané, que odeia o PT e logo mais vai jantar o pão que o diabo amassou.

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

UMA QUESTÃO DE SENSIBILIDADE

  Por Ana Lúcia Alves          Dizem que sou sensível...pois vou contar onde aprendi a ser assim. Convivo a pelo menos 20 anos em hospitais cumprindo meu oficio de cuidar...e lá aprendi...Que paredes de hospitais, já ouviram preces mais sinceras e honestas do que em...

SOLIDARIEDADE NÃO SE PEDE

   Por Claudete Galli                Quero relatar um fato que ocorreu ontem quando eu estava na Vigília Lula Livre. Eu cheguei bem no momento em que o Stédile estava falando, como havia sido a visita ao Lula. Uma observação, então cada vez que o...

EM DIA DE JOGO DA COPA

  Por Igor Grabois            O Brasil é grande nos mais diversos sentidos do termo. Existem cinco países que estão, simultaneamente, entre os dez maiores PIB’s, territórios e populações. O Brasil é um deles. O maior país africano fora da África, só a Nigéria é...

ESTÃO NOS FAZENDO DE BOBOS, BRINCANDO DE DEMOCRACIA.

 Por Inês Duarte                   Não pode haver perdão ao ministro Edson Fachin. Ele traiu o povo brasileiro, traiu a democracia, a Constituição Federal e traiu principalmente ele próprio, quando deixou de cumprir a missão que se comprometeu...

AO SOM DA FOME

 Por Lúcia Costa                Eu tenho 49 anos. Desde criança via comícios, não perdia um, até onde dava. Aos 13 anos comecei a sentir vontade de entrar para a política ao ouvir aqueles homens. Eram só homens, falando bonito. Nos seus discursos...

O RECADO

Por Cleusa Slaviero        Para me apoiar  por causa do desânimo (preocupação), que me acometeu hoje, o George Mello disse: "menos expertise e mais luta, mais determinação." Ele quis dizer que as ações que realizamos na resistência, nesse momento, são mais importantes...

SOBRE A TENDÊNCIA HISTÓRICA E O FUTURO DO BRASIL

   Por Cristiano Camargo                    Toda Revolução Histórica tem um ponto de ruptura, da conjuntura anterior para a nova que surgiu pós- revolução, e que serviu de estopim para incendiar estas revoluções. Pois bem, estamos...

MARIELLE: BRASIL CHORA POR SUA MAIS NOVA MÁRTIR

Por Sérgio Botêlho           Há um mau cheiro no ar. E esse mau cheiro não vem do corpo inerte de Marielle. Esse mau cheiro vem dos seus assassinos. Esse mau cheiro vem de uma sociedade historicamente baseada em podres poderes. Negra, mulher, feminista, pobre...

TÁ FALADO

 Por Rosangela Lima              Madrugada alta e eu aqui, escrevendo textão. Pouca gente vai ler, mas é bom desabafar, então... Percebo nos olhares, nas críticas e alguns ataques, a incompreensão de muita gente do meu convívio com o fato de continuar na...

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...

Esta seção está em branco.

Artigos

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!