Janaína Paschoal dá show de canastrice

  Por Célia Zerbato                                              

 

 

 

 

A canastrice tem dominado a atuação de muitos personagens da política brasileira: os políticos absorvem comumente características estereotipadas, grotescas e clichês que se assemelham aos expressos em personagens de novelas ou de produções cinematográficas medíocres. Zombeteiramente torna-se corriqueiro a existência de profissionais da política que emitem discursos em performances forçadas e caricatas como réplicas midiatizadas, a exemplo de Michel Temer possuidor de um discurso marcado pelo uso exagerado de mesóclises e semiengasgos. Qual a finalidade da canastrice na performance dos figurões da política? Seria um mecanismo de “propaganda pessoal” ou de canalhice?

Quando a canastrice é a tônica na atuação de uma advogada de acusação do processo de impeachment, a performance midiatizada ganha olhares mais atentos. A atuação da jurista Janaína Paschoal na Comissão Especial do Impeachment tem sido artificial e caricata. Se falha na argumentação é contestada; se perde o foco do tema a advogada se vitimiza, ri, agride verbalmente e faz caras e bocas, a exemplo de um recente bate-boca com senadores petistas divulgado massivamente em vídeo nas redes sociais, materializando uma postura que dificilmente confere credibilidade e segurança ao trabalho de magistratura que lhe compete.

O mergulho de Paschoal no mundo da política partidária, ao se tornar peça fundamental na produção e defesa do processo de impeachment, consequentemente, ganhar os holofotes da mídia, fez-lhe aflorar uma postura midiatizada, teatralizada e caricata. A primeira performance grotesca, a receber cobertura da grande mídia, foi gravado por um aluno que assistia a apresentação da jurista em um ato a favor do impeachment, parte do público era composta por advogados, que ocorria no Largo de São Francisco onde está localizada a Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo; Paschoal gritava descontroladamente como se estivesse “possuída” pelo “coisa ruim”. A postura teatralizada de Janaína está em curso nas suas horas de trabalho no senado, na defesa de que o impeachment não é golpe.

Os canastrões que se cuidem, pois quando a canastrice deixa crível a farsa do personagem, a esculhambação pública geralmente é inevitável.  O espaço público torna-se um inferno, o aeroporto não vem mais a calhar...Tem gente acordada.

A canastrice como recurso das práticas sociais no mundo da política partidária precisa ser analisada com rigor pelos cientistas políticos, investigando se ela está ou não travestida de canalhice. 

Foto:www.jornaldoiguassu.com.br

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta sección está vacía.

OPINIÃO

UMA QUESTÃO DE SENSIBILIDADE

  Por Ana Lúcia Alves          Dizem que sou sensível...pois vou contar onde aprendi a ser assim. Convivo a pelo menos 20 anos em hospitais cumprindo meu oficio de cuidar...e lá aprendi...Que paredes de hospitais, já ouviram preces mais sinceras e honestas do que em...

SOLIDARIEDADE NÃO SE PEDE

   Por Claudete Galli                Quero relatar um fato que ocorreu ontem quando eu estava na Vigília Lula Livre. Eu cheguei bem no momento em que o Stédile estava falando, como havia sido a visita ao Lula. Uma observação, então cada vez que o...

EM DIA DE JOGO DA COPA

  Por Igor Grabois            O Brasil é grande nos mais diversos sentidos do termo. Existem cinco países que estão, simultaneamente, entre os dez maiores PIB’s, territórios e populações. O Brasil é um deles. O maior país africano fora da África, só a Nigéria é...

ESTÃO NOS FAZENDO DE BOBOS, BRINCANDO DE DEMOCRACIA.

 Por Inês Duarte                   Não pode haver perdão ao ministro Edson Fachin. Ele traiu o povo brasileiro, traiu a democracia, a Constituição Federal e traiu principalmente ele próprio, quando deixou de cumprir a missão que se comprometeu...

AO SOM DA FOME

 Por Lúcia Costa                Eu tenho 49 anos. Desde criança via comícios, não perdia um, até onde dava. Aos 13 anos comecei a sentir vontade de entrar para a política ao ouvir aqueles homens. Eram só homens, falando bonito. Nos seus discursos...

O RECADO

Por Cleusa Slaviero        Para me apoiar  por causa do desânimo (preocupação), que me acometeu hoje, o George Mello disse: "menos expertise e mais luta, mais determinação." Ele quis dizer que as ações que realizamos na resistência, nesse momento, são mais importantes...

SOBRE A TENDÊNCIA HISTÓRICA E O FUTURO DO BRASIL

   Por Cristiano Camargo                    Toda Revolução Histórica tem um ponto de ruptura, da conjuntura anterior para a nova que surgiu pós- revolução, e que serviu de estopim para incendiar estas revoluções. Pois bem, estamos...

MARIELLE: BRASIL CHORA POR SUA MAIS NOVA MÁRTIR

Por Sérgio Botêlho           Há um mau cheiro no ar. E esse mau cheiro não vem do corpo inerte de Marielle. Esse mau cheiro vem dos seus assassinos. Esse mau cheiro vem de uma sociedade historicamente baseada em podres poderes. Negra, mulher, feminista, pobre...

TÁ FALADO

 Por Rosangela Lima              Madrugada alta e eu aqui, escrevendo textão. Pouca gente vai ler, mas é bom desabafar, então... Percebo nos olhares, nas críticas e alguns ataques, a incompreensão de muita gente do meu convívio com o fato de continuar na...

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...

es-Notícias

O Golpista

                                                                                    ...

Eu acredito é na luta

                                                                                   ...

O recado

                                                                                   ...

AO PREFEITO ARTUR NETO

                                                                                    ...

Olá amigos/as

                                                                                   ...

RESPOSTA À DIREITA E AO PIG

                                                                                   ...

ACREDITAMOS NO BRASIL!

                                                                                   ...

Artigos