DONA MARISA

 Por Ana Paula Romão (Educadora)     

 

 

Hoje acordei inquieta com as provocações da deusa Mnemosine. Minhas memórias pareciam se impor diante do tempo presente. Início dos anos 90, precisamente, em 1992, ainda adolescente fiquei grávida de minha primeira filha, a Carol.

Como historiadora poderia dizer que se tratou de um ano histórico, ano do FORA COLLOR, do Movimento dos Caras Pintadas, o Lindbergh Farias na cabeça do movimento (muito orgulho do meu conterrâneo, na época ele era do PC do B), o ressurgimento de importantes mobilizações de massa e que causou uma efervescência pulsante no movimento estudantil, para que este voltasse a ser protagonista das grandes transformações políticas.

Impossível não se colocar, enquanto militante do movimento estudantil secundarista, e aí vem as lembranças das reuniões, da ajuda na elaboração dos panfletos, das panfletagens, das pichações, do teatro de rua, performances de ativistas pertencente a tudo quanto é tribo juvenil! Ainda, das inúmeras reuniões de avaliação, das brigas Boas, e a cada passeata, o levantamento das questões problematizadas: O movimento é nosso, mas a mídia (leia-se Globo e Veja) está pegando carona.

O que fazer? Como conseguir envolver esses jovens em processos de formação política? Será que a gente vai conseguir fazer grandes projetos culturais, como os CPCs da UNE? Será que dessa vez, o Brasil vai eleger um Governo do povo tendo um primeiro presidente operário e nordestino, que vai poder olhar para os excluídos?

O maior sabor de 1992, ou talvez da minha experiência terrena não veio da condição de ser militante, mas do nascimento da minha Carolzinha, naquele ano, da complexidade que envolve a maternidade, os medos que tive, a turbulência das modificações do corpo e da alma...E foi nesse mesmo ano que ouvi falar da d. Marisa Leticia, alguns militantes sindicais diziam que "por trás de um grande homem, sempre tinha uma grande mulher" e, evidente, que já tinha repulsa por esse tipo de expressão.

E quis saber mais sobre àquela mulher que havia escolhido está ao lado de uma grande liderança oriunda do meio sindical, ambiente bastante machista, por sinal. Fiquei sabendo que a ideia da estrela branca na bandeira vermelha foi de d. Marisa, pois para a juventude petista gaúcha eles queriam a estrela amarela, que havia uma simbologia vermelho e amarelo, com as cores comunistas.

Mas, a sacada de d. Marisa havia sido uma das mais importantes, o destaque tem que ser a ESTRELA! E, também, foi dela essa expressão: "ESTRELA É PRA BRILHAR". Eu nunca parei de dizer essa frase! Digo para minha filha e filho e digo para meus queridos estudantes.

Estou indignada com a odiosidade de quem deseja outra coisa, que não seja a plena recuperação de d. Marisa. Por favor, aprendam, aprendam com D. MARISA: ESTRELA É PRA BRILHAR e como diz a música "gente é prá brilhar e não prá morrer de fome"! #ForçaDMarisa

Parte superior do formulário

Curtir

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...

QUEM FOI LUCIANA DE ABREU?

 Por Carla Kunze            Não há o que comemorar hoje. Há apenas do que reclamar. A crise provocada pelos golpistas está atingindo principalmente as mulheres. Seja porque elas hoje são as provedoras das suas famílias e o desemprego as atingiu muito mais do...

MEXEU COM LULA, MEXEU COM A GENTE

 Por Inês Duarte          Estão divulgando nas redes sociais a possibilidade das manifestações em POA tornarem a cidade num campo de batalha. Não por nossa gente, não pelas forças progressistas, mas pelas forças do retrocesso da civilização. Eu e todos que partem do...

A VIDA É BELA

Por Francisca Frida             Hoje me sinto um pouco mais forte e quero lhes contar um fato só para que vocês vejam até que ponto chega a maldade humana... Algumas vezes eu disse aqui que tinha vontade de ir para outro planeta, e que os seres humanos me...

REFLEXÕES SOBRE O SUICÍDIO

   Por Márcia Tigani     Encerro meu dia com reflexões sobre o tema de hoje no facebook: o suicídio. Aliás esse é tema do dia à dia, muito embora as pessoas o neguem, finjam não enxerga-lo, passem a bola para os " coletivos", digam que é " coisa pra psicólogo, psiquiatra e...

NÃO É SOMENTE LULA QUE CONDENAM, É A TODA UMA NAÇÃO

  Por Inês Duarte              Não tenho mais o que dizer, meu coração está congelado de tanta tristeza. Lula é vítima da maldade humana, vítima do egoísmo, da desonestidade, da cegueira e do ódio de pessoas que optaram em ser ruins com uma única finalidade:...

NOTA DE REPÚDIO DA UFPB

  A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vem reiterar sua indignação e manifestar repúdio à ação de condução coercitiva de dirigentes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em operação que apura supostos desvios na construção do Memorial da Anistia. Em 6 de dezembro, o...

A FACE EXPLÍCITA DO TERROR

     Por  Vânia de Farias                     O que poderia levar dois jovens aparentemente bem sucedidos a cometer um ato monstruoso desses? Já nasceram psicopatas ou foram perdendo a...

ANOTA AÍ COMPANHEIRO/A

 Por Cleusa Slaviero          Ontem o Zeca me enviou o texto que Aldo Fornazieri publicou sobre a Nota do PT, só tive tempo de ler de madrugada, quando li tudo o que recebi ontem e me inteirei das notícias do Brasil e do mundo. Que decepção tão grande a opinião de...

Esta seção está em branco.

Artigos

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!