CAIR PARA CIMA, SAIR DO CHÃO

  Por Renato Uchôa (Educador)  

                                                                         

Não há como negar. O STF não tem a menor serventia para a retomada do processo democrático. Que retirou milhões das catacumbas e guetos fétidos na gestão Lula/Dilma. O que incomodou muito gente sem caráter, sem respeito as camadas populares; exploradores históricos e excludentes, e parte da classe média aprendiz na arte do chicote, inclusive nas migalhas da cozinha da elite, e muito mais.  Marina Silva é que diga: "Eu vi primeira a cozinha de Dona Neca do Itaú, e ninguém encosta". Vim do seringal, vi e gostei.

Não há como negar. Mais que provado, o STF tem dado um cacho de bananas apodrecidas ao restabelecimento da legalidade, que é o respeito a Constituição. E não se respeitam, não merecem, portanto, na postura que o cargo vitalício de independência comporta, entre outras regalias.

Não há como negar. Dever jurídico e moral, raro, principalmente deles/as ministros/as, em processo de degenerescência incontrolável, que só terá fim com a destituição popular e condução coercitiva deles/as, na linha de frente Alexandre de Moraes, Roberto Barroso, Luiz Fux, Edson Fachin e Carmen Lúcia, de todos os golpistas e traidores do país, debaixo da vara. Que eles tanto defendem: sim ou não, a gosto do freguês que faz o pedido, excetuando o de cor vermelha.

Não há como negar, nem debaixo de um festival de varas, o STF se tornou uma instituição, lamentável sobre todos os aspectos, sem a menor credibilidade aqui e no mundo, pela postura de desrespeito sistemático, noite e dia, ao ordenamento jurídico do Brasil.  Com a implantação do Estado de Terror, que roubou além dos direitos e garantias, a dignidade, o sorriso do povo brasileiro. Em grande parte, hoje se alimentando do ódio que as elites, eles/as ministros/as atolados até o pescoço no Bloco do Golpe, servem como café da manhã. Almoço e na janta.

Não há como negar, todos os 11 ministros/as escalados/as, sem critérios sólidos que as outras Cortes Supremas do mundo exigem, que pululam, dão cangapé, torturam a Constituição na última década, seleção amadora na defesa da legalidade, de pernas de pau de beiço de rio.  Mas, pentacampeã na perseguição ao PT e a esquerda brasileira. Não valem o lanche que comem nas salas suntuosas do STF.

São farinha do mesmo saco sujo de sangue do povo brasileiro, que com a crise profunda em todas as Instituições que deveriam contribuir para a retomada do Estado democrático, e pelo contrário dão sustentáculo ao Estado de Terror, vai banhar na cor vermelha a madrugada, mais dia menos dia.

Sair do chão, cair para cima sem negociação. A esquerda se contaminou com o gosto da cédula eleitoral. Lambeu, lambeu e gostou do gosto. Ficou com amnésia. Lula vai morar nas masmorras do Paraná por décadas, as elites estão tremilicando com medo do morro descer. A não ser que a gente organize o empurrão, com uma greve geral pra valer, fazer o cerco popular no cativeiro de Lula que se encontra sequestrado por uma facção criminosa do judiciário e resgatar Lula. Amanhã, em Brasília, a porca torce o rabo, em não sendo bicó. Cair para cima de todos eles, sair do chão.

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

UMA QUESTÃO DE SENSIBILIDADE

  Por Ana Lúcia Alves          Dizem que sou sensível...pois vou contar onde aprendi a ser assim. Convivo a pelo menos 20 anos em hospitais cumprindo meu oficio de cuidar...e lá aprendi...Que paredes de hospitais, já ouviram preces mais sinceras e honestas do que em...

SOLIDARIEDADE NÃO SE PEDE

   Por Claudete Galli                Quero relatar um fato que ocorreu ontem quando eu estava na Vigília Lula Livre. Eu cheguei bem no momento em que o Stédile estava falando, como havia sido a visita ao Lula. Uma observação, então cada vez que o...

EM DIA DE JOGO DA COPA

  Por Igor Grabois            O Brasil é grande nos mais diversos sentidos do termo. Existem cinco países que estão, simultaneamente, entre os dez maiores PIB’s, territórios e populações. O Brasil é um deles. O maior país africano fora da África, só a Nigéria é...

ESTÃO NOS FAZENDO DE BOBOS, BRINCANDO DE DEMOCRACIA.

 Por Inês Duarte                   Não pode haver perdão ao ministro Edson Fachin. Ele traiu o povo brasileiro, traiu a democracia, a Constituição Federal e traiu principalmente ele próprio, quando deixou de cumprir a missão que se comprometeu...

AO SOM DA FOME

 Por Lúcia Costa                Eu tenho 49 anos. Desde criança via comícios, não perdia um, até onde dava. Aos 13 anos comecei a sentir vontade de entrar para a política ao ouvir aqueles homens. Eram só homens, falando bonito. Nos seus discursos...

O RECADO

Por Cleusa Slaviero        Para me apoiar  por causa do desânimo (preocupação), que me acometeu hoje, o George Mello disse: "menos expertise e mais luta, mais determinação." Ele quis dizer que as ações que realizamos na resistência, nesse momento, são mais importantes...

SOBRE A TENDÊNCIA HISTÓRICA E O FUTURO DO BRASIL

   Por Cristiano Camargo                    Toda Revolução Histórica tem um ponto de ruptura, da conjuntura anterior para a nova que surgiu pós- revolução, e que serviu de estopim para incendiar estas revoluções. Pois bem, estamos...

MARIELLE: BRASIL CHORA POR SUA MAIS NOVA MÁRTIR

Por Sérgio Botêlho           Há um mau cheiro no ar. E esse mau cheiro não vem do corpo inerte de Marielle. Esse mau cheiro vem dos seus assassinos. Esse mau cheiro vem de uma sociedade historicamente baseada em podres poderes. Negra, mulher, feminista, pobre...

TÁ FALADO

 Por Rosangela Lima              Madrugada alta e eu aqui, escrevendo textão. Pouca gente vai ler, mas é bom desabafar, então... Percebo nos olhares, nas críticas e alguns ataques, a incompreensão de muita gente do meu convívio com o fato de continuar na...

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...

Esta seção está em branco.

Artigos

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!