AS “MULAS” DOS BANDIDOS QUE DERAM O GOLPE

Por Jeferson Miola     

 

 

“Mula”, na acepção do narcotráfico, do contrabando e do crime organizado, é a pessoa que transporta o objeto do crime – drogas, dinheiro sujo e mercadoria contrabandeada. A “mula” humana, enfim, é um personagem típico do mundo do crime. A “mula” ganhou notoriedade no noticiário político com a revelação de detalhes dos círculos criminosos de agentes do PMDB e do PSDB.

Círculos comandados não por políticos menores e paroquiais, por ladrõezinhos de galinha dos grotões do Brasil; mas por ninguém menos que Michel Temer e Aécio Neves. A “mula” do Eliseu Padilha para receber, guardar e distribuir a propina de R$ 10 milhões que Michel Temer cobrou de Marcelo Odebrecht no Palácio Jaburu atende pelo nome de José Yunes, um dos quatro assessores especiais do Temer afastados por corrupção e amigo de 50 anos do usurpador.

A “mula” do Aécio Neves, presidente licenciado do PSDB, é o primo dele, Frederico Pacheco de Medeiros, o Fred. Em abril passado, Fred entregou pessoalmente à assessoria do senador Zezé Perrella parte dos R$ 2 milhões da propina que Aécio mentiu para o dono da JBS que seria para pagar serviços de advogados.

O motivo para Aécio repassar dinheiro ao dono do helicóptero apreendido em 2013 com 450 kg de pasta base de cocaína é um aspecto obscuro que merece ser esclarecido. O noticiário especula que o aeroporto reformado ilegalmente com dinheiro público em terreno de familiares de Aécio na cidade mineira de Cláudio serve [ou serviu] de base operacional para o tráfico internacional de drogas.

É importante investigar esta denúncia com rigor. É fundamental, para a democracia brasileira, descartar-se totalmente a hipótese de que na eleição presidencial de 2014 o PSDB tenha oferecido ao Brasil a candidatura de um criminoso altamente perigoso e envolvido com máfias internacionais.
O deputado do PMDB/PR Rodrigo Rocha Loures é uma espécie de “Fred do Temer”.

Em trabalho para Temer em março passado, o “mula” foi filmado na capital paulista conduzindo às pressas uma mala com R$ 500 mil reais que, soube-se depois, é parte da aposentadoria de R$ 600 milhões acertada por Temer com a JBS para os próximos 25 anos – R$ 500 mil semanais, R$ 2 milhões mensais, R$ 24 milhões anuais e R$ 600 milhões em 25 anos.

A “mala do Temer”, como ficou conhecida, tem lances rocambolescos. Por vários dias ficou sumida; seu destino foi um grande mistério. O suspense foi ainda maior porque Rocha Loures alegou não conhecer seu conteúdo! [sic].
Dois dias depois de receber a mala, Rocha Loures viajou com Temer de SP a Brasília. A dúvida que persiste é se está mala com dinheiro roubado teria viajado de SP a Brasília no avião presidencial.

Em mais um lance misterioso, o mesmo Rocha Loures que, dias antes alegou ignorar o conteúdo da mala, entregou-a à PF com apenas R$ 465 mil, ou seja, faltando 35 mil reais. Curiosamente, três dias depois, em 25/5, o “mula” do Temer entregou à justiça o conteúdo que faltava [e que ele alegava “desconhecer”]: os 35 mil reais faltantes. Eduardo Cunha é outro destacado personagem do golpe que opera com “mulas”. Não está totalmente esclarecido quem são as “mulas” do Cunha, além do doleiro Lúcio Funaro. Sabe-se que Temer defende a entrega de propinas ao presidiário. Temer estimulou o dono da JBS a manter o pagamento de propinas a Cunha na prisão: “Tem que manter isso [a propina], viu? ”. Para sair desta dramática crise do Brasil, é importante separar os assuntos da política dos enredos policiais. Bandidos não devem fazer parte das equações políticas.

Bandidos devem ser julgados com justiça. Uma vez condenados pelos crimes cometidos, devem ser enviados à prisão – espera-se, à luz dos princípios da justiça e do Estado de Direito, que este seja o destino natural do Temer, Aécio, Padilha, Geddel, Moreira Franco e dos demais integrantes da cleptocracia que tomou de assalto o Palácio do Planalto.

O Brasil não pode continuar nas mãos de “mulas” e da bandidagem que assaltou o Planalto. O Brasil só recuperará a credibilidade e conseguirá sair da crise com eleições gerais já.

Foto: Diário do Centro do Mundo

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

UMA QUESTÃO DE SENSIBILIDADE

  Por Ana Lúcia Alves          Dizem que sou sensível...pois vou contar onde aprendi a ser assim. Convivo a pelo menos 20 anos em hospitais cumprindo meu oficio de cuidar...e lá aprendi...Que paredes de hospitais, já ouviram preces mais sinceras e honestas do que em...

SOLIDARIEDADE NÃO SE PEDE

   Por Claudete Galli                Quero relatar um fato que ocorreu ontem quando eu estava na Vigília Lula Livre. Eu cheguei bem no momento em que o Stédile estava falando, como havia sido a visita ao Lula. Uma observação, então cada vez que o...

EM DIA DE JOGO DA COPA

  Por Igor Grabois            O Brasil é grande nos mais diversos sentidos do termo. Existem cinco países que estão, simultaneamente, entre os dez maiores PIB’s, territórios e populações. O Brasil é um deles. O maior país africano fora da África, só a Nigéria é...

ESTÃO NOS FAZENDO DE BOBOS, BRINCANDO DE DEMOCRACIA.

 Por Inês Duarte                   Não pode haver perdão ao ministro Edson Fachin. Ele traiu o povo brasileiro, traiu a democracia, a Constituição Federal e traiu principalmente ele próprio, quando deixou de cumprir a missão que se comprometeu...

AO SOM DA FOME

 Por Lúcia Costa                Eu tenho 49 anos. Desde criança via comícios, não perdia um, até onde dava. Aos 13 anos comecei a sentir vontade de entrar para a política ao ouvir aqueles homens. Eram só homens, falando bonito. Nos seus discursos...

O RECADO

Por Cleusa Slaviero        Para me apoiar  por causa do desânimo (preocupação), que me acometeu hoje, o George Mello disse: "menos expertise e mais luta, mais determinação." Ele quis dizer que as ações que realizamos na resistência, nesse momento, são mais importantes...

SOBRE A TENDÊNCIA HISTÓRICA E O FUTURO DO BRASIL

   Por Cristiano Camargo                    Toda Revolução Histórica tem um ponto de ruptura, da conjuntura anterior para a nova que surgiu pós- revolução, e que serviu de estopim para incendiar estas revoluções. Pois bem, estamos...

MARIELLE: BRASIL CHORA POR SUA MAIS NOVA MÁRTIR

Por Sérgio Botêlho           Há um mau cheiro no ar. E esse mau cheiro não vem do corpo inerte de Marielle. Esse mau cheiro vem dos seus assassinos. Esse mau cheiro vem de uma sociedade historicamente baseada em podres poderes. Negra, mulher, feminista, pobre...

TÁ FALADO

 Por Rosangela Lima              Madrugada alta e eu aqui, escrevendo textão. Pouca gente vai ler, mas é bom desabafar, então... Percebo nos olhares, nas críticas e alguns ataques, a incompreensão de muita gente do meu convívio com o fato de continuar na...

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...

Esta seção está em branco.

Artigos

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!