Acorda pra cuspir, cabra da peste!

    Por Ana Paula Romão

 

 

 

    Por Renato Uchôa

 

 

É razoável, devemos aos nossos princípios, respeitar as diversas manifestações e protesto no regime democrático, contra até a vestimenta de São Francisco de Assis. Excetuando àqueles, daqueles que confundem o desenvolvimento e avanços do país, e se sentem ameaçados (nos seus feudos) pelas políticas sociais que aboliram, entre outros, o desodorante Alert Limão... E no sovaco a fragrância dos perfumes e desodorantes franceses, nos Shopping e aeroportos do país. Um mutirão dos antes deserdados.  Adeus! Meu pau de arara. Leva agora o Golpista Temer para casa.

No período da Ditadura Militar, certamente o pau de arara dos abestalhados, que nas ruas agridem a mãe dos outros, seria o da tortura, na volta da ditadura que almejam. No cabaré do tudo pode (o STF, STJ, TCU, PF...), Com septicemia, estado terminal no diagnóstico. Operados por médicos do PSDB, instrumentalistas do DEM, PMDB, Solidariedade, outras siglas de aluguel das camadas dominantes, e agora José Maria (PSTU), ou Zé Mané, acredita que a Gangue da Merenda e do Metrô... Roubaram o mandato legítimo da presidenta Dilma e não foi Golpe.

Metem os dedos podres, que nem fizeram na convalescência de Tancredo Neves para assumir Sarney. Dizem que o finado Antônio Carlos Malvadeza, outros mais à época, na UTI, parecia o dedo na panela do doce de leite. Não tem ferimento que cicatrize. Michel Temer não é boa bisca, como dizia a vó Inézia. Informante da CIA, já provado, nas pegadas de FHC vai vender também o Brasil a preço de banana.

O cabaré que aflorou nas relações, que vem de década permeando os protestos da Elite contra o PT, agora muda de vergonha.  Mais intensamente na conjuntura atual contra Dilma tem a justiça selada no curral das camadas dominantes.  Na verdade em favor da blindagem da corrupção dos líderes deles. Destaque para os três C: senador Cunha Lima, senador Aécio Cunha e o presidente da Câmara afastado, mais golpista da história de lá, o inquisidor Eduardo Cunha, que agora mais ainda, na calada da noite, orienta o desorientado golpista Temer.

São os marginais políticos travestidos de heróis atirando de AR-15, todos os dias, na democracia brasileira. No combate as forças de esquerda, particularmente ao PT, que precisa tirar novamente a Carteira de Habilitação e dirigir sem a embriaguez do poder. Por mais de uma década nos salões da governabilidade e arapucas das camadas dominantes, não respeitaram a Lei Seca. E nem ao menos foram a um forró pé de serra. Na Serra da Borborema, na bela cidade de Campina Grande, onde mora o senador Cássio Cunha Lima, o Inimigo Nº1 do Programa Mais Médico. Tripa assada, macaxeira com inhame, feijão com charque com as camadas subalternas. O arrumadinho foi outro, com outros.

A festa de milhares de petistas metamorfoseados e cooptados para os salões Vianenses explica um pouco, mais do que menos de 80% da apatia na visão do fogo da intransigência que vem contaminando o Brasil. Plena, geral e irrestrita liberdade das Elites de pregar a exclusão, o preconceito contra as camadas populares, com total apoio do Governo Golpista de Temer, descaradamente acabando com conquistas históricas dos trabalhadores.

 Preconceito na formação das personalidades dos brancos e engomados da mãezinha, painho, muitas vezes pai também do filho da empregada estuprada, escrava da copa, da cama e da cozinha, que agora têm direitos. Assim não dá dizem “eles”. A educação do malfeitor travestida, embutida no quarto mais escuro que esperou o momento de explodir, em parte pela mansidão da Direção do PT, que não reagiu à altura do momento delicado, perigoso, criado abertamente pelas forças golpistas. A reação pós-golpe ainda é pífia.

Que não fale mal da mãe da gente. Todos nós quando pequenos tínhamos um código, falou na mãe o coro come. Pode um pesquisador/ doutor encastelado na Torre do Conhecimento, que se esqueceu da militância de antes, que comeu o pão que o diabo amassou na época da ditadura militar, e agora come faisão, sem se posicionar em favor do processo democrático. Pode balançar a calça de fundo mole, já que saiu dos gabinetes refrigerados, e concluir: 90% das brigas de garotos/adolescentes passavam pelo “filho da puta”.

Chamou, tome um, tome dois no pau da venta. Eles da Elite e os carregadores das pastas dela têm esse comportamento de agredir a presidenta Dilma com palavras de baixo calão. Acostumados a tratar as esposas ou companheiras da mesma forma na relação do macho, da submissão da mulher, em que o casamento se mantém por conveniência.

Os xingamentos nada mais são do que a exteriorização do que fazem normalmente em casa com as mulheres. Tem milhares de militantes, agora acocorados debaixo da mesa, e ao invés do peso na consciência, por não lutar na defesa do Estado Democrático contra os golpistas, o que efetivamente pesa é o contracheque no bolso.

Não tanto por salários que se equiparem aos do Supremo, dos Tribunais Superiores, do Congresso Nacional, ou o do próprio juiz Moro, o Inimigo Nº1 da presunção da inocência, do devido processo legal, e praticante da tortura psicológica maquiada de Delação Premiada. Resistir é preciso. Acorda pra cuspir, cabra da peste!

Foto disponível: https://www.elo7.com.br

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

UMA QUESTÃO DE SENSIBILIDADE

  Por Ana Lúcia Alves          Dizem que sou sensível...pois vou contar onde aprendi a ser assim. Convivo a pelo menos 20 anos em hospitais cumprindo meu oficio de cuidar...e lá aprendi...Que paredes de hospitais, já ouviram preces mais sinceras e honestas do que em...

SOLIDARIEDADE NÃO SE PEDE

   Por Claudete Galli                Quero relatar um fato que ocorreu ontem quando eu estava na Vigília Lula Livre. Eu cheguei bem no momento em que o Stédile estava falando, como havia sido a visita ao Lula. Uma observação, então cada vez que o...

EM DIA DE JOGO DA COPA

  Por Igor Grabois            O Brasil é grande nos mais diversos sentidos do termo. Existem cinco países que estão, simultaneamente, entre os dez maiores PIB’s, territórios e populações. O Brasil é um deles. O maior país africano fora da África, só a Nigéria é...

ESTÃO NOS FAZENDO DE BOBOS, BRINCANDO DE DEMOCRACIA.

 Por Inês Duarte                   Não pode haver perdão ao ministro Edson Fachin. Ele traiu o povo brasileiro, traiu a democracia, a Constituição Federal e traiu principalmente ele próprio, quando deixou de cumprir a missão que se comprometeu...

AO SOM DA FOME

 Por Lúcia Costa                Eu tenho 49 anos. Desde criança via comícios, não perdia um, até onde dava. Aos 13 anos comecei a sentir vontade de entrar para a política ao ouvir aqueles homens. Eram só homens, falando bonito. Nos seus discursos...

O RECADO

Por Cleusa Slaviero        Para me apoiar  por causa do desânimo (preocupação), que me acometeu hoje, o George Mello disse: "menos expertise e mais luta, mais determinação." Ele quis dizer que as ações que realizamos na resistência, nesse momento, são mais importantes...

SOBRE A TENDÊNCIA HISTÓRICA E O FUTURO DO BRASIL

   Por Cristiano Camargo                    Toda Revolução Histórica tem um ponto de ruptura, da conjuntura anterior para a nova que surgiu pós- revolução, e que serviu de estopim para incendiar estas revoluções. Pois bem, estamos...

MARIELLE: BRASIL CHORA POR SUA MAIS NOVA MÁRTIR

Por Sérgio Botêlho           Há um mau cheiro no ar. E esse mau cheiro não vem do corpo inerte de Marielle. Esse mau cheiro vem dos seus assassinos. Esse mau cheiro vem de uma sociedade historicamente baseada em podres poderes. Negra, mulher, feminista, pobre...

TÁ FALADO

 Por Rosangela Lima              Madrugada alta e eu aqui, escrevendo textão. Pouca gente vai ler, mas é bom desabafar, então... Percebo nos olhares, nas críticas e alguns ataques, a incompreensão de muita gente do meu convívio com o fato de continuar na...

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...

Esta seção está em branco.

Artigos

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!