A EDUCAÇÃO E A MEDICINA

Por Renato Uchôa (Educador)       

 

 

 

A questão fundamental é simples: estes “moleques”, marca Samsung 8, que vaiam e tentam achincalhar a imagem dos médicos cubanos, nasceram em berço de ouro. Tirado do sangue da classe trabalhadora faz séculos. São criminosos todos os médicos que brincaram, desejaram a morte de Dona Marisa. Uma atitude vergonhosa que agride milhares de médicos que não pensam assim, quando o paciente fica entre a vida e a morte, seja quem for, o juramento fala mais alto.

A Máfia Branca carrega na mente o Brasil das senzalas. Do pelourinho. Dos instrumentos cirúrgicos: chibatas e grilhões. Na quase totalidade, é racista por natureza, como é próprio da educação das elites. Não se consideram trabalhadores. Pelo contrário, Deuses. E mais do que nunca, agora se sentiram ameaçados pelos verdadeiros médicos, é daí que vem o ódio ao governo Lula/Dilma, por terem implantado o Mais Médico.

Que não têm nojo do povo, pois daqui vieram. Deveriam ter vergonha. Como estão envergonhados milhares de médicos em nosso país, que trabalham com decência e dedicação aos pacientes. E não concordam com esses “mal-educados de branco”, insuflados pelos “Conselhos Corporativos”, que pouco ou quase nunca punem aqueles que erram nos procedimentos. Incluindo os de ordem ética.

Às vezes, nem precisa comprar tesoura e bisturi. Ficam na barriga, pela pressa da operação. Vão com a alta no pacote. Faz pouco tempo o presidente do CFM, Roberto D’ Ávila, pasme, chegou a afirmar que os médicos cubanos poderiam causar um genocídio. Completamente desinformado sobre os avanços da medicina cubana, que a OMS considera como modelo para o mundo.

 O Programa Mais Médicos não é privilégio do Brasil. Eles estão em vários países, são elogiados mundo a fora pela dedicação e competência. Vale o registro, os únicos em bloco que seguraram a barra do Haiti, depois da catástrofe. Agora, na África Ocidental, a dedicação deles é visível. Sem margem de erro, encontrar um médico brasileiro desses que berram o dia todo contra tudo e contra todos, só com um telescópio de última geração.

A vinda de profissionais cubanos ou de outras nacionalidades permitiu que o médico more no local de atuação. Tenha uma relação estreita com as comunidades e não voe todo dia em direção ao conforto das capitais e cidades maiores. Deixando os pacientes, já sem sorte, entregues à própria sorte. É a única loteria que o trabalhador tem quase garantia de ganhar: a passagem para o Céu ou o Inferno, infecção hospitalar e um cacho de sequelas.

Não obstante as precárias condições de trabalho, os médicos, por profissão e amor ao trabalho, não concordam com a “Máfia Médica”, sócia dos grandes laboratórios farmacêuticos. Inundam o mundo de drogas que matam, mais cedo ou mais tarde. E deve ser afastada, a bem do serviço público. Com urgência. Sofrer as penalidades da lei, pela ausência nos locais de trabalho e pelas consultas mais rápidas que um cometa.

Basta frequentar as Faculdades de Medicina do Brasil, se formam, gratuitamente, nas Universidades Públicas, ao custo unitário de um milhão por cabeça oca. Não agradecem. Não olham no rosto da maioria dos estudantes. Encarnam, pela prepotência, mais de cinco séculos de opulência. O opressor permanece asséptico, acima de tudo e de todos. Alienados e reacionários. Ao extremo.

É verdade, os médicos cubanos não salvarão milhares de trabalhadores que morrem, à míngua, nos corredores dos hospitais e postos de saúde, pela falta de políticas públicas que criem as condições suficientes para o atendimento. O Estado é relapso. Mais verdades ainda ensinarão a população a não adoecer, o que afetará, profundamente, o esquema das multinacionais dos remédios.

É fato, Cuba tem uma das melhores relações/médico paciente do Planeta. Medicina Preventiva de excelência (o modelo curativo é pouco eficiente e custa os olhos da cara), menor taxa de mortalidade infantil dentre vários países, inclusive “desenvolvidos. ” Que Dilma volte ou Lula, tenha a coragem (faltando ao PT em quase tudo) de trazer milhões.

É inaceitável que os médicos/as que que se comportaram com desrespeito, brincando com o estado crítico de Dona Marisa, no leito da morte, fiquem impunes. Não existem perdão para o comportamento de monstros, insensíveis, antiéticos, para os criminosos que se camuflam com a bata branca.

O povo já demonstrou carinho e admiração pela forma como é atendido por milhares de médicos brasileiros de verdade, e com os cubanos também, com respeito. Inclusive, ajudará a expulsar os autoritários e incompetentes que, substituídos pelos aparelhos de última geração, não sabem distinguir uma dor de barriga de outro problema.

Tive uma experiência assim em João Pessoa, quando estudante. O médico, de pronto, antes mesmo de sentar na cadeira, afirmou: você tem meningite ou tétano. Não doutor, estou sem ferimento e fiz três gols de cabeça na pelada. Na linda praia de Cabo Branco. É dor de barriga mesmo.

Foto: www.luizberto.com

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

SOBRE A TENDÊNCIA HISTÓRICA E O FUTURO DO BRASIL

   Por Cristiano Camargo                    Toda Revolução Histórica tem um ponto de ruptura, da conjuntura anterior para a nova que surgiu pós- revolução, e que serviu de estopim para incendiar estas revoluções. Pois bem, estamos...
+

MARIELLE: BRASIL CHORA POR SUA MAIS NOVA MÁRTIR

Por Sérgio Botêlho           Há um mau cheiro no ar. E esse mau cheiro não vem do corpo inerte de Marielle. Esse mau cheiro vem dos seus assassinos. Esse mau cheiro vem de uma sociedade historicamente baseada em podres poderes. Negra, mulher, feminista, pobre...
+

TÁ FALADO

 Por Rosangela Lima              Madrugada alta e eu aqui, escrevendo textão. Pouca gente vai ler, mas é bom desabafar, então... Percebo nos olhares, nas críticas e alguns ataques, a incompreensão de muita gente do meu convívio com o fato de continuar na...
+

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...
+

QUEM FOI LUCIANA DE ABREU?

 Por Carla Kunze            Não há o que comemorar hoje. Há apenas do que reclamar. A crise provocada pelos golpistas está atingindo principalmente as mulheres. Seja porque elas hoje são as provedoras das suas famílias e o desemprego as atingiu muito mais do...
+

MEXEU COM LULA, MEXEU COM A GENTE

 Por Inês Duarte          Estão divulgando nas redes sociais a possibilidade das manifestações em POA tornarem a cidade num campo de batalha. Não por nossa gente, não pelas forças progressistas, mas pelas forças do retrocesso da civilização. Eu e todos que partem do...
+

A VIDA É BELA

Por Francisca Frida             Hoje me sinto um pouco mais forte e quero lhes contar um fato só para que vocês vejam até que ponto chega a maldade humana... Algumas vezes eu disse aqui que tinha vontade de ir para outro planeta, e que os seres humanos me...
+

REFLEXÕES SOBRE O SUICÍDIO

   Por Márcia Tigani     Encerro meu dia com reflexões sobre o tema de hoje no facebook: o suicídio. Aliás esse é tema do dia à dia, muito embora as pessoas o neguem, finjam não enxerga-lo, passem a bola para os " coletivos", digam que é " coisa pra psicólogo, psiquiatra e...
+

NÃO É SOMENTE LULA QUE CONDENAM, É A TODA UMA NAÇÃO

  Por Inês Duarte              Não tenho mais o que dizer, meu coração está congelado de tanta tristeza. Lula é vítima da maldade humana, vítima do egoísmo, da desonestidade, da cegueira e do ódio de pessoas que optaram em ser ruins com uma única finalidade:...
+

NOTA DE REPÚDIO DA UFPB

  A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vem reiterar sua indignação e manifestar repúdio à ação de condução coercitiva de dirigentes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em operação que apura supostos desvios na construção do Memorial da Anistia. Em 6 de dezembro, o...
+

es-Notícias

O Golpista

                                                                                    ...
Leia mais

Eu acredito é na luta

                                                                                   ...
Leia mais

O recado

                                                                                   ...
Leia mais

AO PREFEITO ARTUR NETO

                                                                                    ...
Leia mais

Olá amigos/as

                                                                                   ...
Leia mais

RESPOSTA À DIREITA E AO PIG

                                                                                   ...
Leia mais

ACREDITAMOS NO BRASIL!

                                                                                   ...
Leia mais

Artigos