Psiu!

                                                            

                                                                                             organizationalphysics.com

Por Rita Zanon

Nas eleições de 1974, ainda criança, eu adaptei a letra para "Eu quero é votar no MDB e vibrar quando ele vencer". E ele venceu, foi uma lavada, elegemos 16 senadores, nos principais estados do país. Tanto que depois disso, a ditadura teve de inventar o "senador biônico" e baixou a Lei Falcão, por sugestão do governador Sinval Guazzelli, que limitava a propaganda política a uma foto 3 x 4 e o currículo do candidato. E agora o que se vê, lê e ouve é gente tentando achar a melhor explicação pra ficar de fora do embate político, pra assistir de camarote a derrota da democracia no Brasil. E não falo dos "coxinhas" e reaças assumidos (porque quem defende seus interesses pessoais não me interessa) ou dos incautos de sempre. Falo de quem tem obrigação de refletir sobre o que está em jogo. E o que está em jogo não se limita ao Brasil, ultrapassa nossas fronteiras de país continental. Se em 1964 foi por aqui que se iniciou a assassina fase das ditaduras militares na América Latina, seremos os primeiros, na era da globalização digital, dos golpes pré-fabricados com viés constitucional. Para essas pessoas, eu teria várias designações, hipócritas, covardes, cínicas, mas elas saberão qual a sua melhor definição, quando se encararem no espelho do banheiro. Se o pior acontecer, um dia elas terão esse encontro marcado com suas consciências ou não.

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

Estratégia, onde estais?

      Por Paulo Carneiro Aonde está a estratégia do pós GOLPE? Alguém sabe me dizer, qual foi a estratégia da Dilma, do PT, ou de quem quer que seja, antes do golpe, para impedir o GOLPE? Pois é, eu, estou aqui no Facebook, há anos, sempre defendendo a legalidade, sempre alertando...

Tchau

                                Por Mirian Mantovani Tchau, Querida!    Tchau, Cultura!      Tchau, Cotas!        Tchau, Índios!        ...

Esta seção está em branco.

Artigos

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!