O CAPUZ DO TERRORISTA E A MÍDIA

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   

                                         diariodigital.sapo.pt

Por Renato Uchôa( Educador)

Impressiona o traço característico de violência dos norte-americanos ao longo de sua história. O genocídio praticado contra as populações indígenas nos Estados Unidos, guardando proporções, se compara com o extermínio das nações indígenas da América Latina. Aqui, quanto lá, o massacre se revestiu de intensa brutalidade.  A Guerra da Secessão americana, entre eles (norte x sul), consolidação da truculência que seria estendida aos povos de várias nações por séculos. A supremacia da barbárie americana escolhe os alvos em 1945, no final da 2ª Guerra Mundial: Hiroshima, em seguida Nagasaki, cidades do Japão. Constituíram o palco para o lançamento criminoso das bombas atômicas que mataram e marcaram com feridas profundas mais de 500 mil pessoas, em grande parte, velhos e crianças. A potência da bomba liberou uma onda de calor de 5,5 milhões graus Celsius. Acrescentem-se ventos de 385 km/h, arrastando tudo e a todos. Estima-se que no momento da explosão (Hiroshima) morreram 90 mil pessoas.  Ato desumano, desnecessário, a guerra já estava definida em favor dos aliados. No Vietnã, francês e americano, outros povos invasores, não levaram em consideração as lições da história. Os franceses antes, na batalha de Dien Bien Phu, cidade que deu nome a batalha, em 1954, foram banidos. Região rica na produção de arroz, vital na alimentação dos que participaram da luta contra o colonialismo francês. Depois os americanos, após anos de dominação, foram derrotados por um professor: Vo Nguyen Giap, conhecedor profundo das guerras, o grande estrategista da vitória. Escolhido por Ho Chi Minh organizou um exército de camponeses, plantadores de arroz que derrotou o maior poderio bélico do mundo. Importante registrar que o governo americano, em tonelagem, jogou uma quantidade de bombas maior que todas as da 2ª Guerra Mundial. Destroçaram o país com armas químicas, biológicas, praticamente todos os povoados do norte, mudaram cursos de rios, queimaram as aldeias e florestas com napalm (com mais de um milhão de mortos).  No Afeganistão, ontem os ingleses. No futuro, mais uma vez serão expulsos, juntamente com os americanos. Por mais criminosos e aterrorizantes sejam os bombardeios que massacram civis adultos e crianças. Urgente se faz uma reflexão do que efetivamente acontece nesses países, principalmente a partir de 2003 com a invasão do Iraque, envolvendo sistematicamente o assassinato de grande parte dos intelectuais, cientistas, pesquisadores, professores, jornalistas, entre outros. O saque é profundo com a destruição do patrimônio histórico e cultural, séculos de história, acervos bibliográficos incalculáveis. Horripilante. Um dos maiores crimes contra a humanidade. É crime de guerra. Praticado a luz de todos os dias. Nas ruas, vilas, cidades, nas prisões Guantánamo (Cuba) Abu Ghraib Iraque, fechada em 2006, a tortura se alastrou como método de interrogatório. Barak Obama, novo presidente americano, ao contrário do que parecia, mantém a mesma estrutura de terror da era Bush.  Difere no aumento das tropas no Afeganistão para completar o extermínio. A festa para as empresas controladoras das jazidas de petróleo continua. As exaustivas inspeções técnicas comprovaram: o Iraque não possuía as armas de destruição em massa, pretexto para invasão. Os terroristas, para inúmeras pessoas do mundo inteiro, estão sem o capuz: Obama, George W. Bush, Donald Rumsfeld e tantos outros, são responsáveis pelo estado de terror implantado no Afeganistão, Iraque, Líbia, Arábia Saudita, Ucrânia, Palestina. A mídia se mantém calada, assistem passivamente, vestida de cor marrom, os crimes mais hediondos contra a humanidade. 

 

  Sérgio Arruda

Mais recente: MISSA NEGRA

    

Ana Paula Romão      

Mais recente: RESUMO DA SEMANA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: A FACE OCULTA DO GOLPE 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

links

Esta sección está vacía.

OPINIÃO

MEXEU COM LULA, MEXEU COM A GENTE

 Por Inês Duarte          Estão divulgando nas redes sociais a possibilidade das manifestações em POA tornarem a cidade num campo de batalha. Não por nossa gente, não pelas forças progressistas, mas pelas forças do retrocesso da civilização. Eu e todos que partem do...
+

A VIDA É BELA

Por Francisca Frida             Hoje me sinto um pouco mais forte e quero lhes contar um fato só para que vocês vejam até que ponto chega a maldade humana... Algumas vezes eu disse aqui que tinha vontade de ir para outro planeta, e que os seres humanos me...
+

REFLEXÕES SOBRE O SUICÍDIO

   Por Márcia Tigani     Encerro meu dia com reflexões sobre o tema de hoje no facebook: o suicídio. Aliás esse é tema do dia à dia, muito embora as pessoas o neguem, finjam não enxerga-lo, passem a bola para os " coletivos", digam que é " coisa pra psicólogo, psiquiatra e...
+

NÃO É SOMENTE LULA QUE CONDENAM, É A TODA UMA NAÇÃO

  Por Inês Duarte              Não tenho mais o que dizer, meu coração está congelado de tanta tristeza. Lula é vítima da maldade humana, vítima do egoísmo, da desonestidade, da cegueira e do ódio de pessoas que optaram em ser ruins com uma única finalidade:...
+

NOTA DE REPÚDIO DA UFPB

  A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vem reiterar sua indignação e manifestar repúdio à ação de condução coercitiva de dirigentes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em operação que apura supostos desvios na construção do Memorial da Anistia. Em 6 de dezembro, o...
+

A FACE EXPLÍCITA DO TERROR

     Por  Vânia de Farias                     O que poderia levar dois jovens aparentemente bem sucedidos a cometer um ato monstruoso desses? Já nasceram psicopatas ou foram perdendo a...
+

ANOTA AÍ COMPANHEIRO/A

 Por Cleusa Slaviero          Ontem o Zeca me enviou o texto que Aldo Fornazieri publicou sobre a Nota do PT, só tive tempo de ler de madrugada, quando li tudo o que recebi ontem e me inteirei das notícias do Brasil e do mundo. Que decepção tão grande a opinião de...
+

SEM PERDÃO

 Por Inês Duarte        Mais uma vez encontro-me aterrorizada, indignada e quase em pânico diante da possibilidade da prisão de Lula. Não posso admitir em hipótese alguma, a prisão de um homem que conquistou os brasileiros e o mundo, com a política mais humanizada que já...
+

O GOLPE DESDE O PRINCÍPIO TEM SIDO BEM DOLOROSO.

 Por Cristiane Barreto        Num certo período da minha vida eu chorei uns dias seguidos, por um problema aparentemente sem solução. E que atingia direto no peito e eu ia para a cama e chorava, nada de reagir. Não conseguia, doía muito. O tempo passou, andava que nem zumbi...
+

es-Notícias

O Golpista

                                                                                    ...
Leer más

Eu acredito é na luta

                                                                                   ...
Leer más

O recado

                                                                                   ...
Leer más

AO PREFEITO ARTUR NETO

                                                                                    ...
Leer más

Olá amigos/as

                                                                                   ...
Leer más

RESPOSTA À DIREITA E AO PIG

                                                                                   ...
Leer más

ACREDITAMOS NO BRASIL!

                                                                                   ...
Leer más

Artigos