Emmanuele Thomazielo e o balão do ódio

                                                                                                    

Por Ana Paula Romão (Educadora)

Por Renato Uchôa (Educador)

Dia do Estudante, 11 de agosto, não tem como não se lembrar de todas às lutas quando estudantes e passar um filme. Emmanuele Thomazielo simboliza vários rostos nos manifestos e vigílias da época. Com certeza milhões de estudantes, várias gerações de luta contra a ditadura militar, contra todas as formas de opressões. São resgatados por um simples e profundo gesto contra os Golpistas da atualidade. Deu um balão no balão do ódio. Um exemplo para acordar a multidão de estudantes completamente alienados sobre a história das lutas democráticas. Ressuscitou a vertente combativa do ME. É bem verdade que ainda somos estudantes da vida que queremos dar, mas falo dos idos, em que empunhávamos bandeiras como quem queria que ela mexesse com o vento e não o contrário. De quando bradávamos palavras de ordens misturadas com gritos de alegria, com sabor do xingamento inteligente à ordem do capital. Dos momentos das confraternizações, festas regadas ao tão famoso kit estudantil: rum, coca e mortadela! Das reuniões sérias, que num dado momento, saltava um e desconcertava tudo, arrancando gargalhadas da chamada massa (e dos ditos carrancudos), com uma simples questão de tempo, ou de ordem, ou do famoso "conclua companheiro/a". Das falações embargadas e trêmulas nas famosas assembleias... As memórias se misturam a da nossa geração e a das anteriores, apreendidas pelas leituras e pelas vozes dos que lutaram anteriormente no ME e que permaneceram lutadores (no campo sindical, mulheres, negro, diversidades,... E que nos repassavam tin tin por tin tin, nos bares da vida, na boa e velha boemia das cachaças ou das cachimbadas! O cachimbo podia ser de paz ou de guerra, mas a energia era a do desejo por transformação, por um mundo melhor, por boa educação, pelo desejo que ninguém mais morresse de fome. E, como a gente tinha fome de tudo, fome por cultura, fome por política. Uns verdadeiros esfomeados da fome caninana! A grande dialética era que não tínhamos tempo a perder, mas tínhamos todo o tempo do mundo, queríamos transformar o tédio em melodia e, saudávamos a quem tinha coragem...Dizíamos, que o nosso coração ora andava dentro do peito, colado com Superbond do lado esquerdo, ora caminhava pelo ar, espalhando alegria e Fé, renovando a aurora, a cada dia...Seguíamos caminhando e cantando, siempre, Che! O que houve com os estudantes de hoje? Perderam o juízo. Andam trotando lado a lado com a verdadeira escória brasileira.

 

  Sérgio Arruda

Mais recente:COMO ESTAMOS MAL PROTEGIDOS COM NOSSAS ESCOLHAS HUMANAS

    

Ana Paula Romão      

Mais recente:MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: MORO, ONDE NÃO MORA A JUSTIÇA 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

Artigos

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

A MULHER E O VOTO

Por Inês Duarte          Não é de hoje que as mulheres possuem a disposição de lutar por respeito, igualdade de direitos, reconhecimento de seu papel, não apenas na sociedade, mas também, junto ao parceiro, como geradora de filhos, de gerações e que traz consigo o...

QUEM FOI LUCIANA DE ABREU?

 Por Carla Kunze            Não há o que comemorar hoje. Há apenas do que reclamar. A crise provocada pelos golpistas está atingindo principalmente as mulheres. Seja porque elas hoje são as provedoras das suas famílias e o desemprego as atingiu muito mais do...

MEXEU COM LULA, MEXEU COM A GENTE

 Por Inês Duarte          Estão divulgando nas redes sociais a possibilidade das manifestações em POA tornarem a cidade num campo de batalha. Não por nossa gente, não pelas forças progressistas, mas pelas forças do retrocesso da civilização. Eu e todos que partem do...

A VIDA É BELA

Por Francisca Frida             Hoje me sinto um pouco mais forte e quero lhes contar um fato só para que vocês vejam até que ponto chega a maldade humana... Algumas vezes eu disse aqui que tinha vontade de ir para outro planeta, e que os seres humanos me...

REFLEXÕES SOBRE O SUICÍDIO

   Por Márcia Tigani     Encerro meu dia com reflexões sobre o tema de hoje no facebook: o suicídio. Aliás esse é tema do dia à dia, muito embora as pessoas o neguem, finjam não enxerga-lo, passem a bola para os " coletivos", digam que é " coisa pra psicólogo, psiquiatra e...

NÃO É SOMENTE LULA QUE CONDENAM, É A TODA UMA NAÇÃO

  Por Inês Duarte              Não tenho mais o que dizer, meu coração está congelado de tanta tristeza. Lula é vítima da maldade humana, vítima do egoísmo, da desonestidade, da cegueira e do ódio de pessoas que optaram em ser ruins com uma única finalidade:...

NOTA DE REPÚDIO DA UFPB

  A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vem reiterar sua indignação e manifestar repúdio à ação de condução coercitiva de dirigentes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em operação que apura supostos desvios na construção do Memorial da Anistia. Em 6 de dezembro, o...

A FACE EXPLÍCITA DO TERROR

     Por  Vânia de Farias                     O que poderia levar dois jovens aparentemente bem sucedidos a cometer um ato monstruoso desses? Já nasceram psicopatas ou foram perdendo a...

ANOTA AÍ COMPANHEIRO/A

 Por Cleusa Slaviero          Ontem o Zeca me enviou o texto que Aldo Fornazieri publicou sobre a Nota do PT, só tive tempo de ler de madrugada, quando li tudo o que recebi ontem e me inteirei das notícias do Brasil e do mundo. Que decepção tão grande a opinião de...

Esta seção está em branco.

Artigos

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!