UM HOMEM DE FAMÍLIA

Por Francisco Guil         

 

 

Encontro-o no supermercado, fazendo compras com a família. Os filhos pequenos são saudáveis e espertos, a esposa é bonita e inteligente — percebo pelos gestos com que avalia a qualidade das maçãs. Uma família feliz, é o que se constata. Ele fala com os filhos, pergunta se preferem laranja ou bergamota, empacotam as frutas e seguem em animada conversa em direção à balança.

No ano passado eu ouvia a voz desse homem, um tanto mais apressada, mas com o timbre inconfundível, revelando que seu esquema eleitoral estava indo pro brejo por causa de uma traição. Havia pago tanto a Fulano, que deveria comprar votos para ele, mas Fulano estava comprando para Sicrano. Aos poucos o cidadão foi ficando histérico e prometendo vingança. O denunciante me trouxe a gravação, escrevi uma petição e disse-lhe que entregasse na promotoria junto com a prova. Não sei se entregou, pois não houve notícia da denúncia.

Aquele homem de família seria um criminoso perante a lei, se fosse denunciado e condenado. Diante da esposa e dos filhos, é um maridão, um paizão, um verdadeiro herói! Por que as coisas são assim, tão paradoxais?

Quando você não consegue compreender um comportamento, volte os olhos ao mundo selvagem. Você não entende por que o ladrão rouba. Por que pessoas formadas em curso superior metem a mão no dinheiro público. Por que o vereador, que ganha um salário razoável, cria um esquema de laranjas para roubar o dinheiro do contribuinte. O cidadão decente não aceita essas atitudes, revolta-se, mas não sabe o que fazer para acabar com a corrupção. Mal sabe que ele próprio teria 99% de chance (ou mais) de tornar-se um corrupto, caso ocupasse um cargo público e lhe fosse ofertado um bônus 100 vezes maior que o seu salário para assinar um documento em benefício de uma empresa corruptora.

Veja aquele “cidadão honrado”, com a família comprando comida no supermercado. Quando ele tentou burlar a lei comprando votos sabia que era crime, e mesmo assim o fez. Por quê? Aos olhos da sociedade ele é um criminoso e deveria ir para trás das grades. Mas sua família o vê como o provedor, o que traz comida para casa.

Talvez o sujeito seja ladrão de carros, sequestrador ou traficante. Mas a mulher do cidadão não é infeliz porque as atividades do marido são ilegais e prejudicam pessoas. Ele pode correr da polícia o dia inteiro e matar lentamente os jovens viciados em crack, e isso não será um problema para ela, se ao final da tarde o seu homem chegar com os pacotes do supermercado e lhe der a chave do carro para ir à pizzaria. O que importa para ela é o sucesso, não o caráter do marido.

A vida humana ainda é assim, um conjunto de animais em luta. A arte e a ciência estão nos conduzindo lentamente a um patamar mais elaborado, onde prevalecerá a justiça e a gentileza. Mas esse é o futuro glorioso, que talvez jamais atingiremos. Por enquanto somos animais em luta, no qual os espertos e os fortes prevalecem. Se quer manter-se vivo nesta selva, de alguma forma você precisa aprender as regras do jogo. Não significa que deva tornar-se um ladrão, um desses ladrões discretos que roubam sem perceber...

 

  Sérgio Arruda

Mais recente: MISSA NEGRA

    

Ana Paula Romão      

Mais recente: RESUMO DA SEMANA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: A FACE OCULTA DO GOLPE 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

MEXEU COM LULA, MEXEU COM A GENTE

 Por Inês Duarte          Estão divulgando nas redes sociais a possibilidade das manifestações em POA tornarem a cidade num campo de batalha. Não por nossa gente, não pelas forças progressistas, mas pelas forças do retrocesso da civilização. Eu e todos que partem do...
+

A VIDA É BELA

Por Francisca Frida             Hoje me sinto um pouco mais forte e quero lhes contar um fato só para que vocês vejam até que ponto chega a maldade humana... Algumas vezes eu disse aqui que tinha vontade de ir para outro planeta, e que os seres humanos me...
+

REFLEXÕES SOBRE O SUICÍDIO

   Por Márcia Tigani     Encerro meu dia com reflexões sobre o tema de hoje no facebook: o suicídio. Aliás esse é tema do dia à dia, muito embora as pessoas o neguem, finjam não enxerga-lo, passem a bola para os " coletivos", digam que é " coisa pra psicólogo, psiquiatra e...
+

NÃO É SOMENTE LULA QUE CONDENAM, É A TODA UMA NAÇÃO

  Por Inês Duarte              Não tenho mais o que dizer, meu coração está congelado de tanta tristeza. Lula é vítima da maldade humana, vítima do egoísmo, da desonestidade, da cegueira e do ódio de pessoas que optaram em ser ruins com uma única finalidade:...
+

NOTA DE REPÚDIO DA UFPB

  A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vem reiterar sua indignação e manifestar repúdio à ação de condução coercitiva de dirigentes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em operação que apura supostos desvios na construção do Memorial da Anistia. Em 6 de dezembro, o...
+

A FACE EXPLÍCITA DO TERROR

     Por  Vânia de Farias                     O que poderia levar dois jovens aparentemente bem sucedidos a cometer um ato monstruoso desses? Já nasceram psicopatas ou foram perdendo a...
+

ANOTA AÍ COMPANHEIRO/A

 Por Cleusa Slaviero          Ontem o Zeca me enviou o texto que Aldo Fornazieri publicou sobre a Nota do PT, só tive tempo de ler de madrugada, quando li tudo o que recebi ontem e me inteirei das notícias do Brasil e do mundo. Que decepção tão grande a opinião de...
+

SEM PERDÃO

 Por Inês Duarte        Mais uma vez encontro-me aterrorizada, indignada e quase em pânico diante da possibilidade da prisão de Lula. Não posso admitir em hipótese alguma, a prisão de um homem que conquistou os brasileiros e o mundo, com a política mais humanizada que já...
+

O GOLPE DESDE O PRINCÍPIO TEM SIDO BEM DOLOROSO.

 Por Cristiane Barreto        Num certo período da minha vida eu chorei uns dias seguidos, por um problema aparentemente sem solução. E que atingia direto no peito e eu ia para a cama e chorava, nada de reagir. Não conseguia, doía muito. O tempo passou, andava que nem zumbi...
+

es-Notícias

O Golpista

                                                                                    ...
Leia mais

Eu acredito é na luta

                                                                                   ...
Leia mais

O recado

                                                                                   ...
Leia mais

AO PREFEITO ARTUR NETO

                                                                                    ...
Leia mais

Olá amigos/as

                                                                                   ...
Leia mais

RESPOSTA À DIREITA E AO PIG

                                                                                   ...
Leia mais

ACREDITAMOS NO BRASIL!

                                                                                   ...
Leia mais

Artigos