QUESTÃO DE HONRA

  Por Renato Uchôa (Educador)

 

 

   

 Por Ana Paula Romão (Educadora)

 

 

 

Gonzaga da Cacimba, morador da cidade de Princesa na Paraíba, agiu baseado no Código de Honra do Nordeste, em 1979. Que salteia, faz ainda morada no coração e na mente de milhões de nordestinos e brasileiros. Gonzaga matou sete pessoas de uma mesma família, tornando-se o Mata Sete de Princesa. Daí a origem do nome, batizado pela imprensa. Gonzaga, pelos relatos de quem conviveu com ele foi um homem bom, pacato até na pisada.

Cobria o corpo com um terno branco e batia pernas nos cumprimentos às pessoas, e compra de doces para as crianças. No ponto principal das cidades pequenas do interior: a feira do mercado. É lá que se encontra ainda hoje a tapioca, a macaxeira, o arrumadinho de charque, o inhame, o porco assado, a buchada de bode, o sarapatel, a carne de sol, o cuscuz de milho ou de arroz, dependendo da região, com o perfume da manteiga da terra (manteiga de nata). É lá que no período imperial a revolta popular conhecida como o Ronco das Abelhas fez morada. Um movimento de revolta (aconteceram dezenas) que se alastrou, principalmente no Nordeste, nas feiras, nos mercados o povo reagiu contra o poder imperial, nos idos de 1851 e 1852. Com destaque para Pernambuco e Paraíba... Vai com a graxa ou sem? Capricha Dona Paixão.

Luiz Gonzaga Pereira dos Santos acolheu de corpo e alma no Sítio Caldeirão Fernando Alves de Almeida, já com 23 anos no espinhaço. Batizado e criando para não cometer crimes. Educação que não tem endereço na escola da Elite, mas, dança na sala, cozinha, terraço e quintal, nos tempos bons ou ruins.No seio das camadas subalternas. Herdada dos ancestrais na formação do caráter, na solidariedade, na convivência de respeito a si e a os outros. Não roubar o que é do povo, como Temer, Cunha, todas as cunhas nos bolsos do PSDB, PMDB, DEM.... Milhares delas desde que Cabral pisou na Terra Santa, para cravar na moleira dos índios, mulheres, negros...

 Fernando se apaixonou por Vera Lúcia, com 12 anos, romance secreto que motivou posteriormente a tragédia.  Fernando farejou o perfume da morte quando “mexeu” com Vera. Selou o cavalo, com ajuda dos pais e Seu Gonzaga da Cacimba, no pinote em direção a São Paulo. Deu o bote certeiro no pensamento... Passou a perna em Vera, no Ganga Pé, trincou a honra do Seu Gonzaga, como se diz aqui no Nordeste. Quando não voltou para casar. Três anos de angústia, de espera. Não veio cumprir a promessa sagrada da palavra empenhada, sem registro no cartório. Tirou o passaporte para o Céu ou o Inferno. Quando as notícias com fotos do casório, com outra em São Paulo causaram uma tempestade de ódio.

Baldeando, azucrinando, espeziando com a desfeita o juízo de Gonzaga da Cacimba, no pio de plantão dos fuxiqueiros/as costumeiros das esquinas e janelas da cidade. Nas Universidades, em todas as repartições públicas ou privadas, os especialistas em fuxico se batem nos corredores. Gonzaga da Cacimba, tem pessoas que juram de pés juntos, foi a São Paulo várias vezes para cobrar a conta e pagar o caixão de Fernando, e oferecer a mortalha de presente. Nunca o encontrou.

Gonzaga da Cacimba decide matar a família de Fernando. Cobrar a promissória da família, vingar para lavar a honra, baseado no Código de Honra que mutila, mata milhares de mulheres no Brasil de dentro a fora, pela cultura da posse. Em 29 de junho de 1979, dia de São Pedro. As fogueiras enfeitam as ruas, o milho aguarda o sapecado, o aluar, a canjica se enfeitam para a festa em homenagem ao Santo. Gonzaga da Cacimba ajeita o candeeiro, quando a Lua prateada, no lugar do Sol, anuncia, lança no mundo a cor da sua beleza. Engoma o revólver, e decidido ruma em direção à casa da família de Fernando,o autor da desonra. 

Mata na mesa do jantar, na hora sagrada, José Alves de Almeida e mais 6 pessoas. A esposa e os cinco filhos. Antes do ato cruel, hediondo, indefensável, ordena que uma prima de Fernando por nome de Maria do Socorro Alves se retire do local. Gonzaga da Cacimba se transforma no Mata Sete de Princesa, e 24h por dia a imprensa nos assusta, causa pavor e medo do sertão à capital João Pessoa. Mostra os sete mortos vestidos com os caixões, transforma o dia de São Pedro no carnaval macabro que a mídia faz com qualquer um na busca de audiência. Um crime de repercussão nacional.

 Após três anos fugindo, o grande final. Em março de 1981 o cerco policial é feito. Gonzaga da Cacimba não se entrega, e nos últimos momentos da vida nos ensina, não com o assassinato cruel da família, mas na afirmação, morro como homem, como um ser humano que não é um bandido. Gonzaga se recusou a morrer apodrecendo em um presídio, exposto nas vitrines da morte que caracterizam a situação dos apenados. Enfrentou a polícia à bala, o maior tiroteio localizado que já houve por lá. Reage e é fuzilado. O barulho dos tiros, há quem diga, acordou a Princesa Isabel na cova, que homenageia a cidade com a graça.

Todos os povos do mundo têm seus códigos, que em situações de ameaça aos direitos, as garantias, a liberdade, reagem dentro ou fora da Lei, que não mais os protegem. E escrevem a nova Constituição no asfalto da luta, nas ruas e avenidas. Os ladrões do mandato da presidenta Dilma têm os seus, e têm também seus dias contados. Roubar a democracia e instalar o Estado de Terror, que marcará por gerações o futuro do país, justifica a posição de insurgência da população contra todos os atos ilegais que caracterizam o Usurpador Temer.

Os trabalhadores/as  brasileiros/as, diante do Golpe, que não precisou de mais de um ano para fatiar a nação, entregando as riquezas. Que assaltou a luz do dia o mandato que não é apenas de Dilma, mais de 54 milhões de brasileiros/as, por uma questão moral, é o nosso Código de Honra, devem fazer o cerco em Brasília dia 24 de maio e cobrar de volta a Devolução da condução dos destinos do país, a quem de direito. Se o STF, na voz  da presidenta Carmén Lúcia, que nos afronta com a afirmação recente que as Instituições trabalham “normalmente”...Mas, para consolidar o Golpe dentro do Golpe. O Congresso Nacional, as outras Instituições parceiras do Golpe, que teimam em não restabelecer a Democracia, mesmo diante das provas do crime praticado pelas verdadeiras gangues, que a gente tome em nossas mãos o nosso destino, o destino do país.

Para além de todas as lutas importantes pelas Diretas, a anulação do Golpe, com a devolução do mandato a nós e a presidenta Dilma, é que nos encaminhará para a convocação das Eleições Diretas. Por quem tem autoridade legítima e moral para realizá-las, com o reestabelecimento do Estado de Direitos. A contaminação generalizada dos Aparelhos Repressivos do Estado em favor do Golpe, como garantia só a desarticulação completa deles, com manifestações de repúdio aos traidores do Brasil, em todo o país, permitirá o clima saudável do processo eleitoral.

Que as abelhas, no ronco em 24 de maio próximo, instale concretamente em Brasília, o início da derrocada do Estado de Terror. Sem negociação.

Dedicado a Gláucia Magalhães (neta) de Gonzaga da Cacimba, e família, E a família dos mortos.

 

  Sérgio Arruda

Mais recente: MISSA NEGRA

    

Ana Paula Romão      

Mais recente: RESUMO DA SEMANA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: A FACE OCULTA DO GOLPE 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

NOTA DE REPÚDIO DA UFPB

  A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vem reiterar sua indignação e manifestar repúdio à ação de condução coercitiva de dirigentes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em operação que apura supostos desvios na construção do Memorial da Anistia. Em 6 de dezembro, o...
+

A FACE EXPLÍCITA DO TERROR

     Por  Vânia de Farias                     O que poderia levar dois jovens aparentemente bem sucedidos a cometer um ato monstruoso desses? Já nasceram psicopatas ou foram perdendo a...
+

ANOTA AÍ COMPANHEIRO/A

 Por Cleusa Slaviero          Ontem o Zeca me enviou o texto que Aldo Fornazieri publicou sobre a Nota do PT, só tive tempo de ler de madrugada, quando li tudo o que recebi ontem e me inteirei das notícias do Brasil e do mundo. Que decepção tão grande a opinião de...
+

SEM PERDÃO

 Por Inês Duarte        Mais uma vez encontro-me aterrorizada, indignada e quase em pânico diante da possibilidade da prisão de Lula. Não posso admitir em hipótese alguma, a prisão de um homem que conquistou os brasileiros e o mundo, com a política mais humanizada que já...
+

O GOLPE DESDE O PRINCÍPIO TEM SIDO BEM DOLOROSO.

 Por Cristiane Barreto        Num certo período da minha vida eu chorei uns dias seguidos, por um problema aparentemente sem solução. E que atingia direto no peito e eu ia para a cama e chorava, nada de reagir. Não conseguia, doía muito. O tempo passou, andava que nem zumbi...
+

O AMIGO DE SÉRGIO MORO

                                   Por Moisés Mendes                                           ...
+

O PAPEL DOS COVARDES

 Por Cleusa Slaviero            A presunção dos que atacaram Dilma até derrubá-la deu lugar a um silêncio culpado e envergonhado. É muita covardia. Reclamavam dia e noite do governo Dilma e do PT, imputando a eles todos os males do país....
+

NOTA PÚBLICA

  Gabinete da Reitoria                                            Entrega de Título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula quarta feira, 16/08/2017. O Gabinete da Reitoria da...
+

NO CAMINHO DAS TREVAS

  Por Silvana Ferrari                Quer saber, eu cansei de ver fotos-montagens com a presidenta Dilma em cima de um caminhão de mudança cheio de tralhas e até um cachorro, com a legenda "Fora Dilma, Leve o PT Junto" Foram tantas as ofensas e...
+

es-Notícias

O Golpista

                                                                                    ...
Leia mais

Eu acredito é na luta

                                                                                   ...
Leia mais

O recado

                                                                                   ...
Leia mais

AO PREFEITO ARTUR NETO

                                                                                    ...
Leia mais

Olá amigos/as

                                                                                   ...
Leia mais

RESPOSTA À DIREITA E AO PIG

                                                                                   ...
Leia mais

ACREDITAMOS NO BRASIL!

                                                                                   ...
Leia mais

Artigos