Percalços inescapáveis do capitalismo

  Por Ana Liési Thurler (filósofa e socióloga)

 

Estou em Barcelona. Nesta manhã festiva de 11 de setembro, data nacional da Catalunha, leio jornais em um café. Chamam-me atenção dois artigos com pano de fundo semelhante: a natureza do capitalismo. Um dos artigos está no jornal La Vanguardía, assinado por Andy Robinson, intitulado “A corrida para a Casa Branca”.  Focaliza a proposta de Trump de concluir o muro separando os EUA dos países ao sul, nas Américas. A administração Clinton construiu mil quilômetros em uma fronteira de 3.200 km.  A intenção anunciada de Donald Trump é colocar um muro de 4 metros de altura ao longo da fronteira com o México, “protegendo” os estados da Califórnia, Arizona, Novo México e Texas.

O geógrafo e professor da Universidade da Califórnia Michael Dean, autor do livro Porque os muros não funcionam, diz que o esquema de controle de migrações clandestinas não é eficiente, apesar do sistema de vigilância de última geração adotado.

A construção dos mil quilômetros do muro aconteceu após a assinatura do Tratado de Livre Comércio (TLC) entre Bill Clinton e Carlos Salinas de Gortari.  Todd Miller – jornalista, morador do Arizona e autor do livro Border Patrol Nation – diz: “De alto a baixo o muro tem as impressões digitais de Bill e Hillary Clinton. ”

Na verdade, o TLC propiciou ampla entrada no México de produtos estadunidenses subvencionados pelo governo dos EUA, como a carne e o milho. Retirou de camponesas e camponeses mexicanos sua fonte de subsistência. Assim, o século XXI encontra-os, indocumentados, migrando para o norte. Em torno de meio milhão de mexicanos faziam essa travessia.  Com o TLC e a subvenção estatal, produtos que constituíam a base de subsistência do campesinato mexicano podem entrar no México e desmantelar a vida social e econômica de suas comunidades.  Por outro lado, camponesas e camponeses empobrecidos e vulnerabilizados pelo tratado não podem atravessar o Rio Grande e se fixar em estados fronteiriços como Califórnia, Arizona, Novo México e Texas.

Em 1994, quatro milhões e meio de mexicanas e mexicanos moravam nos EUA. Vinte anos após, 12 milhões migraram. Entre eles, sete milhões estão indocumentados.

O candidato republicano Donald Trump propõe grandes deportações de mexicanos. Isso, entretanto, já é uma realidade no governo atual de Barack Obama, que deportou 2,7 milhões desde 2008. Enfim, qualquer que seja o resultado das eleições em 08 de novembro, as diferenças para as relações com o sul do Rio Grande, não serão muito diferentes.

Para o México, o impacto do TLC é forte tanto no sentido do empobrecimento dos agricultores, quanto dos setores que poderiam participar da produção tecnológica para a vigilância e segurança do muro militarizado. Enfim, muro e deportações massivas são propostas cruéis, mas não inovadoras.

No jornal madrilenho El País também de hoje (11/9/2016), Antón Costas assina o artigo “A saúde moral do capitalismo espanhol”. O autor inicia colocando a questão:  as possibilidades de crescimento espanhol foram atingidas pela saúde moral do capitalismo no país?

O autor teria se deixado seduzir em um recente seminário realizado pelo empresariado espanhol, incluindo na pauta o tema ‘A ética dos negócios e das empresas? Com consciência ingênua se pergunta pela saúde moral do capitalismo espanhol que, desde 2008, se teria deteriorado. O articulista lembra que o ex-presidente da maior patronal espanhola está encarcerado por corrupção. A degradação moral mais cruel tem sido de altos financistas, distribuindo produtos contaminados, apresentando contas astronômicas, se autoconcedendo compensações vitalícias inaceitáveis – mesmo para as pessoas com menor sentido moral.

Ferir princípios éticos elementares não é prerrogativa exclusiva do capitalismo na Espanha (nem nos EUA em suas relações com seus vizinhos mexicanos). É estrutural do capitalismo e de organizações econômicas e sociais presididas pelo deus mercado multiplicaDOR Das estratificações, as desigualdades, a concentração da riqueza, a reificação, entre tantas outras coisas.

Remeto à leitura da boa reflexão feita por Richard Senett em seu livro A corrosão do caráter.

 

  Sérgio Arruda

Mais recente: MISSA NEGRA

    

Ana Paula Romão      

Mais recente: RESUMO DA SEMANA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: A FACE OCULTA DO GOLPE 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

MEXEU COM LULA, MEXEU COM A GENTE

 Por Inês Duarte          Estão divulgando nas redes sociais a possibilidade das manifestações em POA tornarem a cidade num campo de batalha. Não por nossa gente, não pelas forças progressistas, mas pelas forças do retrocesso da civilização. Eu e todos que partem do...
+

A VIDA É BELA

Por Francisca Frida             Hoje me sinto um pouco mais forte e quero lhes contar um fato só para que vocês vejam até que ponto chega a maldade humana... Algumas vezes eu disse aqui que tinha vontade de ir para outro planeta, e que os seres humanos me...
+

REFLEXÕES SOBRE O SUICÍDIO

   Por Márcia Tigani     Encerro meu dia com reflexões sobre o tema de hoje no facebook: o suicídio. Aliás esse é tema do dia à dia, muito embora as pessoas o neguem, finjam não enxerga-lo, passem a bola para os " coletivos", digam que é " coisa pra psicólogo, psiquiatra e...
+

NÃO É SOMENTE LULA QUE CONDENAM, É A TODA UMA NAÇÃO

  Por Inês Duarte              Não tenho mais o que dizer, meu coração está congelado de tanta tristeza. Lula é vítima da maldade humana, vítima do egoísmo, da desonestidade, da cegueira e do ódio de pessoas que optaram em ser ruins com uma única finalidade:...
+

NOTA DE REPÚDIO DA UFPB

  A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vem reiterar sua indignação e manifestar repúdio à ação de condução coercitiva de dirigentes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em operação que apura supostos desvios na construção do Memorial da Anistia. Em 6 de dezembro, o...
+

A FACE EXPLÍCITA DO TERROR

     Por  Vânia de Farias                     O que poderia levar dois jovens aparentemente bem sucedidos a cometer um ato monstruoso desses? Já nasceram psicopatas ou foram perdendo a...
+

ANOTA AÍ COMPANHEIRO/A

 Por Cleusa Slaviero          Ontem o Zeca me enviou o texto que Aldo Fornazieri publicou sobre a Nota do PT, só tive tempo de ler de madrugada, quando li tudo o que recebi ontem e me inteirei das notícias do Brasil e do mundo. Que decepção tão grande a opinião de...
+

SEM PERDÃO

 Por Inês Duarte        Mais uma vez encontro-me aterrorizada, indignada e quase em pânico diante da possibilidade da prisão de Lula. Não posso admitir em hipótese alguma, a prisão de um homem que conquistou os brasileiros e o mundo, com a política mais humanizada que já...
+

O GOLPE DESDE O PRINCÍPIO TEM SIDO BEM DOLOROSO.

 Por Cristiane Barreto        Num certo período da minha vida eu chorei uns dias seguidos, por um problema aparentemente sem solução. E que atingia direto no peito e eu ia para a cama e chorava, nada de reagir. Não conseguia, doía muito. O tempo passou, andava que nem zumbi...
+

es-Notícias

O Golpista

                                                                                    ...
Leia mais

Eu acredito é na luta

                                                                                   ...
Leia mais

O recado

                                                                                   ...
Leia mais

AO PREFEITO ARTUR NETO

                                                                                    ...
Leia mais

Olá amigos/as

                                                                                   ...
Leia mais

RESPOSTA À DIREITA E AO PIG

                                                                                   ...
Leia mais

ACREDITAMOS NO BRASIL!

                                                                                   ...
Leia mais

Artigos