O ÚNICO PODER DO TEMER E AS PERSPECTIVAS DO GOLPE

 Por Jeferson Miola     

 

 

O único poder que Michel Temer ainda possui é o poder de não renunciar. Ele não consegue quórum nem em jantares no Palácio; está esvaziado e acuado, sem credibilidade e legitimidade. Temer, enfim, desmanchou; foi engolido pelas acusações graves e indesmentíveis de crimes.

Ele só não renuncia porque é mantido pelo PSDB. Quando os tucanos debandarem – e esta é uma hipótese que poderá se materializar em breve – Temer chega ao fim.

Com a não-renúncia, Temer no máximo consegue adiar a solução final, porém fica isolado, sem poder de mando administrativo e capacidade política.

Enquanto isso, com a irresponsável teimosia dele e dos seus generais Padilha e Moreira Franco, que desesperadamente se agarram ao foro privilegiado, o Brasil toma o rumo da depressão.

Temer só não recebeu o veredicto final porque as frações do bloco golpista ainda não conseguiram consenso sobre o caminho a seguir para a continuidade do golpe.

Para eles, Temer é descartável. Não é o governo Temer que está em jogo, mas sim o futuro do golpe e a continuidade da agenda antipopular e antinacional que propicia a recomposição das taxas de rentabilidade do capital em padrões predadores.

Uma vez superado o desalinhamento tático e momentâneo entre a Globo e a fração paulista – PSDB, FIESP, Estadão e FSP –, o destino do Temer estará selado.

São três as alternativas para afastá-lo, caso teime em não renunciar: [1] o julgamento por crimes comuns no STF, que deve ser autorizado por 2/3 dos deputados e cujo prazo para julgamento poderá ser superior a 6 meses; [2] o processo de impeachment no Congresso, que poderá terminar em 2018; e [3] a cassação no TSE, que pode ser mais rápida que as duas opções anteriores.

O que unifica o bloco golpista para suceder a Temer não é uma saída democrática, mas a escolha indireta do sucessor pelo Congresso ilegítimo, corrupto e comprado pela JBS, Odebrecht, bancos, empreiteiras e grande capital.

O golpe não foi perpetrado para devolver o governo ao campo progressista na primeira eleição que ocorrer; foi concebido para durar pelo menos pelos próximos 10/20 anos.

A revelação dos escândalos não estava no cronograma; foi um acidente de percurso que precipitou a crise de legitimidade do regime.

O fim do governo Temer, do ponto de vista dos trabalhadores, pode significar a abreviatura do golpe com a interrupção da agenda antipopular e antinacional das reformas que tramitam no Congresso.

A convocação de eleições gerais antecipadas para o Congresso e para a Presidência é a única saída democrática capaz de estabilizar o país. Somente com o voto popular o próximo presidente terá a legitimidade necessária para iniciar a agenda de reconstrução econômica e social do país e de restauração democrática.

A classe dominante diverge pontualmente sobre o que fazer com Temer, mas tem unidade estratégica inabalável em torno da continuidade do golpe, e por isso combate a tese das eleições diretas.

A democracia não faz parte do vocabulário da oligarquia. É essencial ampliar, por disso, a unidade entre os setores democráticos da sociedade brasileira e intensificar, aprofundar e radicalizar, nas ruas, a luta democrática e popular por diretas já e pelo fim do golpe.

 

  Sérgio Arruda

Mais recente: MISSA NEGRA

    

Ana Paula Romão      

Mais recente: RESUMO DA SEMANA

 

 Renato Uchôa 

Mais recente: A FACE OCULTA DO GOLPE 

 

Ana Liési Thurler
 Mais recente:   Percalços inescapáveis do capitalismo

 

Luiz Francisco Guil

Mais recente: ENTRE PERDIDOS E ACHADOS                       

                
 

links

Esta seção está em branco.

OPINIÃO

MEXEU COM LULA, MEXEU COM A GENTE

 Por Inês Duarte          Estão divulgando nas redes sociais a possibilidade das manifestações em POA tornarem a cidade num campo de batalha. Não por nossa gente, não pelas forças progressistas, mas pelas forças do retrocesso da civilização. Eu e todos que partem do...
+

A VIDA É BELA

Por Francisca Frida             Hoje me sinto um pouco mais forte e quero lhes contar um fato só para que vocês vejam até que ponto chega a maldade humana... Algumas vezes eu disse aqui que tinha vontade de ir para outro planeta, e que os seres humanos me...
+

REFLEXÕES SOBRE O SUICÍDIO

   Por Márcia Tigani     Encerro meu dia com reflexões sobre o tema de hoje no facebook: o suicídio. Aliás esse é tema do dia à dia, muito embora as pessoas o neguem, finjam não enxerga-lo, passem a bola para os " coletivos", digam que é " coisa pra psicólogo, psiquiatra e...
+

NÃO É SOMENTE LULA QUE CONDENAM, É A TODA UMA NAÇÃO

  Por Inês Duarte              Não tenho mais o que dizer, meu coração está congelado de tanta tristeza. Lula é vítima da maldade humana, vítima do egoísmo, da desonestidade, da cegueira e do ódio de pessoas que optaram em ser ruins com uma única finalidade:...
+

NOTA DE REPÚDIO DA UFPB

  A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) vem reiterar sua indignação e manifestar repúdio à ação de condução coercitiva de dirigentes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em operação que apura supostos desvios na construção do Memorial da Anistia. Em 6 de dezembro, o...
+

A FACE EXPLÍCITA DO TERROR

     Por  Vânia de Farias                     O que poderia levar dois jovens aparentemente bem sucedidos a cometer um ato monstruoso desses? Já nasceram psicopatas ou foram perdendo a...
+

ANOTA AÍ COMPANHEIRO/A

 Por Cleusa Slaviero          Ontem o Zeca me enviou o texto que Aldo Fornazieri publicou sobre a Nota do PT, só tive tempo de ler de madrugada, quando li tudo o que recebi ontem e me inteirei das notícias do Brasil e do mundo. Que decepção tão grande a opinião de...
+

SEM PERDÃO

 Por Inês Duarte        Mais uma vez encontro-me aterrorizada, indignada e quase em pânico diante da possibilidade da prisão de Lula. Não posso admitir em hipótese alguma, a prisão de um homem que conquistou os brasileiros e o mundo, com a política mais humanizada que já...
+

O GOLPE DESDE O PRINCÍPIO TEM SIDO BEM DOLOROSO.

 Por Cristiane Barreto        Num certo período da minha vida eu chorei uns dias seguidos, por um problema aparentemente sem solução. E que atingia direto no peito e eu ia para a cama e chorava, nada de reagir. Não conseguia, doía muito. O tempo passou, andava que nem zumbi...
+

es-Notícias

O Golpista

                                                                                    ...
Leia mais

Eu acredito é na luta

                                                                                   ...
Leia mais

O recado

                                                                                   ...
Leia mais

AO PREFEITO ARTUR NETO

                                                                                    ...
Leia mais

Olá amigos/as

                                                                                   ...
Leia mais

RESPOSTA À DIREITA E AO PIG

                                                                                   ...
Leia mais

ACREDITAMOS NO BRASIL!

                                                                                   ...
Leia mais

Artigos